Política

PSS da Saúde está garantido, diz secretário


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

18/05/2019 22h22

A Secretaria de Saúde Estado (Sesau) vai publicar nos próximo dias o edital do Processo Seletivo Simplificado para contratação do pessoal que vai trabalhar no Hospital da Mulher. A nova unidade está prevista para começar a funcionar em agosto deste ano.

O PSS estava previsto para ser publicado até o final de abril, mas por necessidade de ajustes ficou para maio.

Agora o processo está tramitando na fase final, avisa o secretário de Saúde, Alexandre Ayres. “O PSS está garantido. Estamos finalizando o edital e dependendo da aprovação da PGE (Procuradoria Geral do Estado)”, adianta.

Serão contratados profissionais de várias especialidades. Além disso, a Sesau, que fará a administração direta do Hospital da Mulher, deve aproveitar concursados da Uncisal, que deverão ser nomeados para atuar na nova unidade, além de pessoal da própria Secretaria.

“O hospital vai funcionar em agosto deste ano. Como não haverá tempo de realizar o concurso, faremos inicialmente um processo seletivo simplificado com toda a transparência para contratar o pessoal que vai trabalhar inicialmente na unidade. Em seguida, as vagas serão assumidas pelo pessoal que fizer o concurso”, adianta Ayres.

Até o final deste ano, a Secretaria de Saúde deve realizar o primeiro concurso público para profissionais da área de saúde, depois de 16 anos. A expectativa é que todo o processo seja realizado ainda em 2019, com provável contratação dos aprovados já a partir de janeiro de 2020.

Para colocar o Hospital da Mulher em funcionamento, a estimativa é que será preciso de cerca de 650 pessoas. “Como vamos usar pessoal da Uncisal e da própria Sesau, ainda estamos definindo quantos profissionais serão contratados no PSS”, explica Ayres.

A gestão do Hospital da Mulher será direta da Sesau, com a “expertise” da Uncisal, avisa o secretário: “estamos aproveitando a expertise técnica da Santa Mônica e tornar o Hospital da Mulher numa referência. Faremos uma gestão compartilhada com a Uncisal, aproveitando toda a experiência do pessoal da Uncisal”, adianta Ayres.

De acordo com o secretário, o Hospital da Mulher está praticamente pronto – com 98% da obra finalizada. “Agora o esforço é para colocar a unidade em operação. Será o primeiro hospital público construído do zero pelo Estado em 50 anos”, pondera.

Quanto ao concurso, avisa Ayres, “os profissionais da área de saúde que quiserem trabalhar no Estado já podem começar a estudar”



Compartilhe