a Rui Palmeira terá de escolher entre apoiar JHC ou mudar de partido | Jornal de Alagoas

Política

Rui Palmeira terá de escolher entre apoiar JHC ou mudar de partido


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

19/05/2019 20h08

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, usou as redes sociais para anunciar, nesse sábado (18), que está deixando a presidência estadual do PSDB. No lugar dele, assume o senador Rodrigo Cunha. A mudança não foi tão pacífica como se fez parecer.

“A pressão foi muito forte junto ao diretório nacional, não só do Rodrigo, mas principalmente da deputada federal Tereza Nelma. Os dois queriam e conseguiram o controle do partido”, aponta um deputado que tem bom trânsito com Rui Palmeira.

O parlamentar avalia que Rui preferiu entregar do que ir para o confronto: “ele sabe que está em fim de mandato. Além disso, os mandatos federais tem maior peso para a executiva nacional”, pondera o parlamentar.

A aposta agora é pela permanência de Rui Palmeira no PSDB. Com o partido na mão, Cunha vai apoiar – salvo um tropeço muito grande – uma eventual candidatura do deputado federal João Henrique Caldas (PSB) à prefeitura de Maceió em 2020.

“Os dois já trabalham juntos com esse compromisso. O Rodrigo vem pedindo o apoio de vários políticos, inclusive deputados federais, para esse projeto. Se der certo em Maceió, o senador fortalecerá a sua provável candidatura ao governo de Alagoas em 2022” aponta o parlamentar.

Que Cunha vai de JHC, ninguém duvida. A bomba, confirmado o apoio tucano ao deputado socialista, vai cair no colo de Rui Palmeira.

O prefeito não esconde de ninguém que não quer – por conta de problemas classificados como pessoais – apoiar JHC.

Restará a Rui Palmeira, avalia outro parlamentar – este do grupo do prefeito – mudar de partido: “pelo que vejo, o caminho natural dele é se filiar ao DEM”, aponta.

No momento o consenso é que se permanecer o PSDB, não restará ao prefeito outra opção a não ser apoiar JHC. A mãe do deputado (Eudócia Caldas, ex-prefeita de Ibateguara) é suplente de Rodrigo Cunha e os dois têm atuado juntos nos bastidores para construir um projeto que passa por Maceió e Arapiraca no próximo ano, com o objetivo de chegar ao Palácio dos Palmares na eleição de 2022.

Seria o cenário dos sonhos para ambos. JHC prefeito de Maceió abriria vaga para o tucano Pedro Vilela assumir uma vaga na Câmara dos Deputados (lembrando que quem garantiu a legenda para Cunha ser candidato foi o ex-governador e tio de Pedro, Téo Vilela).

Rodrigo, se eleito governador, abriria vaga para Eudócia, que assumiria por 4 anos.

Ao lado de Rodrigo Cunha, Rui Palmeira anuncia que está deixando a presidência do PSDB em Alagoas. O comando do partido será assumido pelo senador.

O futuro de Rui

O espaço que restaria para Rui Palmeira neste projeto vai depender dele conseguir ou não fazer seu sucessor. “Se o próximo prefeito for dele, ele se cacifa para disputar um cargo majoritário, provavelmente de senador. Do contrária, deve tentar a volta para a Câmara dos Deputados”, pondera um conhecido analista da política alagoana.

A troca de comando no PSDB não foi anunciada agora por acaso. O mandato de Rui Palmeira como presidente da executiva estadual do partido vai até o próximo dia 31 de maio. 



Compartilhe