a Ronaldo Lessa é convidado para voltar ao grupo de Rui Palmeira | Jornal de Alagoas

Política

Ronaldo Lessa é convidado para voltar ao grupo de Rui Palmeira


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

22/06/2019 10h19

O tratamento que o ex-governador Ronaldo Lessa, presidente do PDT em Alagoas, estaria recebendo do governo foi centro de debate na Assembleia Legislativa de Alagoas, na sessão de quarta-feira, passada, 19, puxado pelo deputado estadual Davi Maia (DEM).

O parlamentar chama de “humilhações públicas” o que Lessa estaria sofrendo como secretário de Agricultura do Estado, o que classifica como “uma tentativa de queimá-lo por parte do governador”. O deputado aproveitou para dizer que o grupo do prefeito Rui Palmeira (PSDB), do qual faz parte, “está de portas abertas para o retorno do ex-governador”.

O líder do governo rebateu em aparte. Sílvio Camelo (PV), disse que o verdadeiro objetivo de Davi Maia era tentar levar Lessa de volta para o grupo do prefeito. “O governo ainda irá realizar grandes ações na Seagri. No mais, jogador que é craque joga em qualquer posição… Esse grupo do governador está se fortalecendo cada vez mais”, disse.

A deputada Ângela Garrote (PP), sugeriu que Lessa estaria provando “do mesmo veneno de que semeou”, já que houve época que o então governador sequer recebia os prefeitos. “Se não estiver gostando, peça para sair”, disse a parlamentar.

Líder do PDT, o deputado Inácio Loiola saiu em defesa de Lessa e lembrou que a Seagri vive um “processo de degradação”, com apenas dez técnicos na ativa – inclusive o próprio Loiola.

Debandada de prefeitos

No seu discurso, Maia criticou além do “desmonte” na Agricultura, o fato de Renan Filho ter levado para o MDB alguns prefeitos do PDT.

O deputado questionou: “seriam (as filiações) um recado para que Lessa peça para sair do governo? É um recado para pedir para ele sair do governo ou uma forma proposital, uma maneira pensada, de acabar politicamente com ex-governador? Porque o que vemos é o programa do leite parado, distribuição de sementes, e tantos outros trabalhos da secretaria sem continuidade por falta de recursos. Na linguagem do futebol, isso é queimar o atleta, colocá-lo em um jogo sem lhe dar condições para jogar”.

Loiola minimizou ainda a mudança de alguns prefeitos do PDT para o MDB. “Quero dizer que estes prefeitos que deixaram, vocês conhecem, é que tem pessoas que são incapazes de trair um amigo não o poder. Não vamos culpar nem o governador, nem achar que Ronaldo Lessa foi traído”, disse.

Repercussão

Depois do discurso, o deputado do DEM recebeu ligações de interlocutores do Palácio dos Palmares, que queriam saber se ele fez o discurso a pedido de Lessa ou do prefeito Rui Palmeira.

“Fiz o discurso porque reconheço o papel que Ronaldo Lessa teve na política de Alagoas. Conheci ele como governador e lembro que ele foi responsável por colocar em dia a folha de pagamento do Estado que quando ele assumiu estava onze meses atrasada”, aponta.

Para Maia, Lessa merece “melhor tratamento” do governo. Fora disso, avalia, seria melhor ele deixar a Secretaria de Agricultura.



Compartilhe