a Rui Palmeira impõe derrota a JHC | Jornal de Alagoas

Política

Rui Palmeira impõe derrota a JHC


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

13/08/2019 09h21

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, passou a presidência do PSDB em Alagoas para senador Rodrigo Cunha. A troca de comando foi anunciada em maio e oficializada em junho passado.

A especulação de que o prefeito de Maceió poderia mudar de partido ganhou força desde então.

A insatisfação tinha como alvo um eventual apoio de Rodrigo Cunha a pré-candidatura de João Henrique Caldas a prefeito da capital.

Cunha e Caldas fizeram dobradinha nas eleições de 2018 e estabeleceram uma relação mais próxima, ao ponto do deputado federal indicar a mãe dele, Eudócia Caldas, como 1a suplente do senador.

Rui Palmeira, em contrapartida, não esconde que quer distância de JHC. O prefeito teria dito a vários interlocutores que não admite apoiar o deputado do PSB em nenhuma hipótese.

Em entrevista exclusiva a Gazeta de Alagoas de sábado, 10, Rui Palmeira anunciou que vai ficar no PSDB. A decisão, que passa pela eleição do seu sucessor, leva a uma conclusão: JHC não terá o apoio nem do partido, nem do seu presidente.

Ao ficar no PSDB, Rui impõe, portanto, uma derrota importante ao deputado do PSB. João Henrique Caldas terá, sem o apoio de Rodrigo Cunha, poucos possibilidades para formar uma coligação mais ampla para as eleições de 2020 na capital.

Bem situado nas pesquisas de opinião, JHC pode repetir um dos seus erros quando foi candidato a prefeito de Maceió em 2016. Disputou por uma coligação “fraca”, com pouco tempo de rádio e TV e terminou ficando em terceiro lugar.

Cunha x JHC

Nos bastidores, segundo vários interlocutores, Cunha demonstrou interesse em apoiar JHC, o que apontaria para uma coligação do PSDB com o PSB nas próximas eleições em Maceió.

A situação parece ter mudado – e muito. Após uma reunião com Rui Palmeira, no final de julho, Rodrigo Cunha anunciou que o projeto é fortalecer o PSDB e lançar o máximo de candidatos a prefeito nas principais cidades do Estado.

Em entrevista coletiva no dia 31 de julho, o senador negou que tenha compromissos com João Henrique Caldas.

“Não houve acordo algum entre ele (JHC) e eu para eleições futuras. Sobre 2020 e o PSDB, tenho que ouvir o prefeito Rui sobre isso. O momento ainda vai ser criado para tratar sobre as próximas eleições”, disse o senador.

“Fico no PSDB”

Numa entrevista exclusiva à Gazeta, Rui Palmeira afirmou que fica no partido. “O PSDB terá candidato a prefeito de Maceió e em outras cidades de grande porte”, avisou.

Ainda segundo a reportagem, no encontro com o senador Cunha, o prefeito manteve a palavra e compromissos com o diretório nacional, com a atual direção do partido no estado e se comprometeu em lançar candidato competitivo principalmente em Maceió.

“Queremos um nome forte para dar sequência a este trabalho de recuperar e melhorar a qualidade de vida da população”, disse.

Na entrevista, o prefeito afirmou que no momento o foco é a gestão. “Ano que vem focaremos na sucessão. Por isso, temos que trabalhar muito neste momento”. Apesar de considerar as eleições de 2022 “muito distante”, já trabalha para fazer seu sucessor: “Quero entregar a prefeitura em boas condições financeiras, com muitas ações e obras realizadas. O nosso foco, ano que vem, é trabalhar para fazer o sucessor, preferencialmente com nome do PSDB”.



Compartilhe