a Segundo Ibrape, prefeita de Igreja Nova deve ser reeleita com vantagem | Jornal de Alagoas

Política

Segundo Ibrape, prefeita de Igreja Nova deve ser reeleita com vantagem


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

05/09/2019 10h07

O Ibrape está realizando uma nova rodada de pesquisas no interior de Alagoas. O Blog do Edivaldo Júnior teve acesso ao levantamento em Igreja Nova. A cidade, com cerca de 24,5 mil habitantes (estimativa do IBGE para 2019) é a segunda maior em território e população na Região do Baixo São Francisco alagoano.

A pesquisa foi realizada em Igreja Nova no dia 28 de Agosto. Foram feitas 800 entrevistas com eleitores de 16 anos ou mais. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Bem avaliada, a atual prefeita seria reeleita com ampla margem sobre os seus adversários se as eleições fossem hoje. Vera Dantas (MDB) lidera tanto no voto espontâneo, quanto no voto estimulado.

Na questão espontânea (“Se as eleições para prefeito fossem hoje, em quem o (a) Sr. (a) votaria?"), a atual prefeita lidera. Vera Dantas foi citada por 35,9% dos eleitores, seguida do Dr. Maurício, que teve 12,8% das citações. Valério Beltrão ficou com 4,8% e Aline Beltrão 1,4%. Não Sabe 45,2 %.

Na questão estimulada, a atual prefeita ampliou a liderança. Vera Dantas teve 46%, seguida de Dr. Maurício (20%), Valério Beltrão (11%) e Aline Beltrão (4%). Indecisos (14%). Branco/Nulo (5%).

Avaliação

O Ibrape também avaliou a gestão da prefeita ("Na sua opinião, a administração da prefeita Vera Dantas, até o momento, está..."). Dos entrevistados, 12% responderam Ótimo, Bom 48%, Regular 22%, Ruim 9%, Péssimo 9% e Não Sabe 0%.

A gestão da prefeita também foi avaliada ("O (a) Sr. (a) aprova ou desaprova a maneira como a prefeita Marina Dantas vem administrando?"). Veja os resultados: Aprova 76%, Desaprova 23%, Não Sabe/Não Opinou 1%.

Por setor a aprovação foi de 69% na Saúde, 90% na Educação, 78% na Ação Social, 96% da Coleta de Lixo, 82% da Iluminação Pública e 58% da Segurança.



Compartilhe