a Rui Palmeira pode apostar em aliado para prefeitura | Jornal de Alagoas

Política

Rui Palmeira pode apostar em aliado para prefeitura


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

02/11/2019 09h53

O prefeito de Maceió vive uma nova fase. Rui Palmeira (PSDB) anunciou que pretende disputar o governo de Alagoas em 2022. A notícia surpreendeu os meios políticos.

O caminho pode ser mais fácil caso ele consiga eleger um sucessor em Maceió. E Rui começou a trabalhar abertamente em busca de um nome viável. Entre os que estão postos, dois (Alfredo Gaspar e João Henrique Caldas) parecem ter sido descartados pelos “impedimentos” da política.

Resta ao prefeito apostar em um nome do seu partido ou buscar um aliado. Dentro do PSDB, as opções começam a minguar.

A primeira e melhor alternativa seria uma candidatura de Rodrigo Cunha. Senador e presidente do PSDB, que já descartou essa possibilidade.

Outra opção viável seria Tereza Nelma. Mas a deputada federal tucana perdeu espaço na direção nacional do partido, anda enfrentando problemas de saúde e não faz parte do núcleo mais próximo de Rui Palmeira.

Os outros nomes do partido (os vereadores Eduardo Canuto e Kelman Vieira e os deputados estaduais Dudu Ronalsa e Cibele Moura) não tem pontuado bem nas pesquisas e vêm perdendo força nos bastidores.

Se não tiver nomes mais competitivos no PSDB, o próprio Rui Palmeira já admite apoiar um aliado. No momento, ele teria muitas opções. Nesse perfil de “aliados” cabem lideranças como José Thomaz Nonô, Ronaldo Lessa, Davi Davino Filho, Marcelo Palmeira ou nomes que poderão ser lançados pelo DEM ou Podemos, entre outras legendas.

O prazo para as filiações partidárias (com direito a troca de legendas até para vereadores com mandato na chamada janela da infidelidade) segue aberto até abril de 2020. Rui Palmeira tem até lá para escolher um candidato para chamar de seu. Mas pelo que se sabe, ele deverá bater o martelo muito antes disso.



Compartilhe