a Gaspar confirma candidatura, mas pode se tornar inelegível | Jornal de Alagoas

Política

Gaspar confirma candidatura, mas pode se tornar inelegível


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

28/11/2019 09h59

O Procurador Geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça, já teria tomado a decisão de disputar a prefeitura de Maceió em 2020, segundo informações do Blog do Edivaldo Júnior.

“Gaspar está decidido. Vai deixar o Ministério Público para disputar a eleição. No momento adequado vai anunciar esta decisão”, aponta o interlocutor.

O esperado é que Gaspar anuncie a pré-candidatura e em seguida anuncie seu desligamento do MPE. Ele tem até seis meses antes das eleições ou até abril do próximo ano, segundo especialistas, para deixar o cargo que ocupa na instituição – sem direito a retornar o posto.

O procurador também estaria inclinado a montar uma aliança eleitoral que teria a participação (ou seria liderada) pelo governador Renan Filho, contrariando versões de bastidores. “Ele tem boa relação com o governo e é possível que tenha o apoio do governador se for candidato”, diz o interlocutor.

A decisão de Gaspar, que já é considerada difícil por si só (ter de abandonar um cargo importantíssimo, com boma remuneração), pode se tornar ainda mais complicada se a Câmara dos Deputados aprovar mudança na legislação, criando um período de quarentena para que integrantes das chamadas carreira de Estado – aí incluídos juízes e promotores – disputem a eleição.

A quarentena seria de no mínio um ano ou de no máximo dois. Essa lei, se aprovada ainda este ano, pode tornar Gaspar inelegível.



Compartilhe