Política

Luciano Barbosa pode deixar governo para disputar prefeitura de Arapiraca


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

21/01/2020 09h47

O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa (MDB) pode deixar a Secretaria de Educação para disputar a prefeitura de Arapiraca, segunda maior cidade do Estado, onde ele já foi prefeito por duas vezes.

A informação é que Luciano Barbosa fechou uma aliança com o deputado federal Severino Pessoa (PRB) para ser candidato a prefeito, tendo como candidata a vice, a atual vice-prefeita do município, Fabiana Pessoa (PRB).

“Essa situação de Luciano e Fabiana é verdadeira. Está tudo alinhado. O Luciano vem pra prefeito. Nós tivemos uma conversa e definimos que Fabiana vai ser a vice e Luciano Barbosa vai retornar a prefeitura. Nós tratamos desse assunto. Luciano Barbosa disse que tá decidido em marchar como candidato a prefeito e nós vamos a marchar com ele”, afirma Severino Pessoa em áudio enviado ao Blog do Edivaldo Júnior.

O acordo com Luciano Barbosa, aponta Pessoa, não passa por nenhuma aliança a nível estadual, nem por planos para 2022: “essa é uma questão local (de Arapiraca), não envolve nenhuma conversa com o governo”.

O deputado federal do PRB diz que o apoio a Barbosa é também a reparação de um erro que ele considera ter cometido na eleição municipal anterior – o apoio dado ao atual prefeito, Rogério Teófilo (PSDB).

“Decidi pelo Luciano até para dar uma reposta ao o erro que cometi no passado de escolher o Rogério. Esse foi o maior sentido da coisa. É reparar o erro que eu cometi e a população de Arapiraca ter votado no Rogério. Só isso e Arapiraca voltar ao progresso e ao crescimento. A população tá muito desanimada. Você passa na cidade e é um desânimo, é uma cidade sem perspectiva e uma prefeitura do improviso, uma prefeitura sem planejamento, uma prefeitura que hoje a família do Teófilo está toda alojada. Para você ter uma ideia, é irmão, é cunhado, é genro, é filho tudo secretário… Então você imagina os outros setores…”, diz Pessoa em tom de desabafo.

Mudanças 

Se Luciano Barbosa for realmente candidato a prefeito, o jogo político e eleitoral terá profundas mudanças não só agora, em 2020, mas também em 2022.

Vice-governador, ele é o sucessor “natural” do governador Renan Filho. Ganhando ou perdendo a disputa em Arapiraca, Luciano Barbosa “abriria” mão de ser candidato à sucessão do atual governador.

Ganhando, ele deixaria aberta a vaga de vice, criando complicações para um eventual afastamento de Renan Filho (MDB), no cado de disputa de algum mandato eletivo em 2022.

O acordo de Barbosa também pode inviabilizar a pretensão do deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB) em disputar a prefeitura de Arapiraca. Se o vice for candidato, o deputado que é do mesmo partido não poderá ser candidato a prefeitura. Se o vice não for candidato, poderá fechar aliança comum nome apoiado por Pessoa (Fabiana).

Nos bastidores, o que se diz é que Pessoa e Barbosa deram um “nó” político no agreste. 

Rompimento

Fabiana Pessoa (PRB) é a atual vice-prefeita de Arapiraca. Mas desde o início de 2018 seu grupo político rompeu com Rogério Teófilo e deixou de ter qualquer participação na administração da cidade.

O rompimento se deu porque Teófilo, que havia se comprometido a apoiar Severino Pessoa, apoiou outros candidatos tanto para a Câmara Federal quanto para a Assembleia Legislativa de Alagoas.

Sem respostas

O Blog do Edivaldo Júnior entrou em contato com o vice-governador Luciano Barbosa, o deputado estadual Ricardo Nezinho e o governador Renan Filho, que até o fechamento do texto não deram retorno aos questionamentos sobre os desdobramentos do acordo anunciado por Severino Pessoa.



Compartilhe