a Rui Palmeira deve liderar a oposição ao governo em Maceió | Jornal de Alagoas

Política

Rui Palmeira deve liderar a oposição ao governo em Maceió


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

23/01/2020 13h58

Na série sobre as eleições municipais, conversei por aplicativo, como o presidente estadual do PROS. Eduardo Rossíter informa que o partido está organizado em 99 municípios de Alagoas e trabalha para ter de 25 a 30 candidatos a prefeito no interior, além de 60 chapas de vereador.

Em Maceió, avisa Rossíter, o partido deve permanecer no ‘bloco’ do prefeito Rui Palmeira (PSDB).

“Sobre a eleição de Maceió, a gente caminha com o prefeito Rui Palmeira, desde que seja uma eleição viável e não uma mera composição”, pondera.

Rossíter avalia que Rui pode e deve liderar o ‘bloco’ de oposição ao governo do Estado. “A gente acompanha Rui Palmeira pelo fato de ser a liderança do bloco de oposição do governo Renan Filho. O Rui Palmeira por ser a figura maior. A gente tá alinhado com ele, com o compromisso de marchar a oposição unida”, aponta.

E se depender do presidente do PROS, Rui Palmeira escolhe como seu candidato a prefeito o ex-governador Ronaldo Lessa.

“Um nome que é muito simpático pra gente é o do ex-governador Ronaldo Lessa, que se torna um nome muito atual, principalmente com a questão do funcionalismo. Quando ele foi prefeito e governador, foi generoso com funcionalismo, concedendo aumento em todos os momentos. Naquela época o funcionário publico tinha uma segurança de melhorias salariais”, afirma.

Vereador

Na capital o PROS trabalha uma “chapa proporcional muito homogênea, com possibilidade de eleger de 4 até 5 vereadores”, avalia Eduardo Rossíter.

“A gente tem a certeza de pelo menos 3 vereadores serem eleitos com 3 mil votos. A chapa será homogênea, com candidatos de 1 mil a 1,5 mil votos e claro que a gente também avalia a inclusão de puxadores de votos, combinando sempre com o grupo”, adianta.

Entre os puxadores de votos, pelo que apurei, tem vereador de mandato. Mas essa é outra história.



Compartilhe