a Alfredo Gaspar avisa que não será candidato pelo MDB | Jornal de Alagoas

Política

Alfredo Gaspar avisa que não será candidato pelo MDB


Fonte: Blog Edivaldo Júnior

10/02/2020 17h17

O procurador Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, renovou as férias (ele tem algumas acumuladas) e talvez não reassuma mais a função, nem a carreira de promotor no Ministério Público Estadual.

Provável pré-candidato a prefeito, pontuando bem nas pesquisas, o PGJ tem aproveitado o tempo de folga para refletir sobre seu futuro e já teria marcado data para largar a beca – sem direito a retorno.

“Ele deve sair em definitivo do MP entre 2 e 5 de março”, avisa um interlocutor.

Saindo do MP Gaspar deve iniciar imediatamente a pré-campanha para disputar a prefeitura de Maceió. E não começará do zero.

Ele tem conversado com diversas lideranças em busca de partidos mais apropriados ao seu perfil. Várias legendas foram excluídas, por diferentes motivos. Um dessas exclusões, por conta de “questões nacionais”, seria o MDB do governador Renan Filho.

Para onde vai o PGJ, então? Depois de conversar com várias forças, avisa o interlocutor, Gaspar estaria entre duas legendas – PL ou PSL.

Se for para o PL, Gaspar sinaliza para a presença de Renan Filho em seu palanque, mas com um tom a mais de independência em relação ao Palácio dos Palmares.

Se for para o PSL, Alfredo abre espaço para uma aproximação com o grupo de Rui Palmeira.

Não custa repetir aqui que ele até tentou (ainda tenta?) colocar prefeito e governador juntos em torno de seu nome. É difícil (improvável mesmo) conseguir. Mas bem que ele gostaria.

Seja com o apoio de um ou do outro ou até de nenhum dos dois, a decisão, ao que parece já foi tomada. Gaspar será candidato a prefeito. Mas até que ele deixe o MP/AL e escolha um partido, ainda tem muita conversa e especulações pela frente. E nada impede que surjam novas opções, novos arranjos ou até mesmo que ele reveja sua posição em relação a legendas que hoje estão no grupo dos “excluídos”. Como diria Nonô parafraseando Marco Maciel “tudo pode acontecer, inclusive nada”.



Compartilhe