Pop & Arte

Mupa recebe Exposição Sobre Olhares no Caminho


Fonte: Agência Alagoas

29/11/2017 13h38

Com registros feitos nos últimos dois anos, a exposição fotográfica "Sobre Olhares no Caminho", do artista Felipe Miranda, projeto selecionado pelo último edital de exposições temporárias lançando pela Secult e incluso no projeto Alagoas República das Artes, reúne imagens das belezas naturais do Estado, passando pelos litorais Norte e Sul, e Sertão de Alagoas.
 
A junção dessas imagens em uma mostra faz sentindo por contar uma história. São sustentadas pela beleza das cores da natureza alagoana e a liberdade que delas emana, como se há 200 anos elas fossem mais fortes. “Alagoas é mais bonito do que a maioria das pessoas imagina. São tantos lugares incríveis e pouco explorados pelo Estado. Eu vejo gente indo ao Maranhão para conhecer uma duna móvel, mas basta ir à Foz do Velho Chico para se apaixonar por uma", conta o fotógrafo amador.
 
“Não sou fotógrafo profissional, mas as imagens foram feitas com muito amor, sim. Gosto de texturas e cores, então tentei trazer isso para a exposição. São fotos que retratam o lado bonito da rotina", explica.
 
Os personagens que se fazem presentes em alguns cliques contam sobre os 200 anos de emancipação de um jeito que apenas quem vive na pele a rotina do local poderia opinar. O objetivo é expor espaços que carregam a essência da alagoanidade e sua força.
 
Por lá você encontra canoeiros dos Cânions do Rio São Francisco, em Delmiro Gouveia, pescadores mirins do rio Tatuamunha, em Porto de Pedras, e crianças. Crianças da Ponta Verde, de Olho D'água do Casado e de Piaçabuçu. “O título da exposição é bem autoexplicativo. A mostra é sobre a Alagoas que eu enxergo. Tocante, viva e repleta de personagens importantes e comuns".
 
A exposição segue aberta ao público até o dia 9 de dezembro. O Mupa está localizado na Praça Marechal Floriano Peixoto, Centro, e fica aberto para visitações de terça a sexta-feira, das 9h às 16h.
 
 
Alagoas República das Artes
 
A ação, promovida pela Secretaria de Estado da Cultura, visa proporcionar informação e entretenimento gratuito à população no equipamento cultural. O superintendente de Apoio à Produção Cultural, Paulo Poeta, explica que o projeto tem a missão de disseminar a arte alagoana. “Esse projeto veio para dar maior visibilidade aos nossos museus, atraindo o público para os nossos equipamentos culturais. Ao longo do ano, o projeto propõe apresentações artísticas, exposições, seminários, entre outros”, conclui.



Compartilhe