Pop & Arte

Kevin Feige afirma que filme acontecerá assim que Ryan Coogler quiser


Fonte: Adoro Cinema

25/04/2018 17h20

Ryan Coogler talvez seja o cineasta mais bem-sucedido a adentar o Universo Cinematográfico Marvel. Para além das conquistas de Joss Whedon, que reuniu brilhantemente os Maiores Heróis da Terra em Vingadores e Era de Ultron, e dos triunfos dos Irmãos Joe e Anthony Russo, os novos líderes do UCM e responsáveis pelo aguardadíssimo Guerra Infinita, Coogler conseguiu criar um fenômeno político e cultural em Pantera Negra que extrapola as fronteiras da narrativa dos longas do estúdio. Por isso, tudo o que Kevin Feige deseja concretizar após o lançamento de Vingadores 4 é o retorno de Coogler à cadeira de direção de Pantera Negra 2 - mesmo que para isso seja preciso ajustar a obra à agenda do cineasta:

"Nós definitivamente queremos que Ryan volte e estamos trabalhando ativamente para isso. Quando será? Provavelmente quando Ryan quiser e não vamos apressar nada, mas acredito que tenhamos uma ideia de quando acontecerá. Mas, novamente, não vamos anunciar nada para além de Vingadores 4 antes do lançamento dele, que é uma outra razão pela qual não iremos à Comic-Con neste ano", sentenciou Feige, em entrevista ao Collider. Portanto, a julgar pela declaração do produtor, os lados da equação se inverteram: não é a Marvel que manda, mas Coogler, cuja assinatura visual, estética e, sobretudo, cultural fizeram com que Pantera Negra se tornasse o filme mais bem avaliado do UCM.

É evidente, no entanto, que esta é mais uma forma de Feige de cortejar o cineasta e de colocá-lo em evidência, ressaltando sua importância. Uma máquina industrial como a da Marvel não para de girar, independente daqueles que estão ligados a ela ou não, e na atual conjuntura, onde os produtores do estúdio têm pleno controle sobre as linhas narrativas, qualquer um pode ser substituído. Por outro lado, também é óbvio que dar continuidade à aventura do Rei T'Challa (Chadwick Boseman) pelas lentes de um realizador que não só conhece o personagem, como também ajudou a levar Wakanda para as telonas pode contribuir e muito para Pantera Negra 2. Portanto, é mais do que provável que alguma parte da extensa bilheteria da aventura (US$ 1,3 bilhão) seja utilizada para pagar o próximo salário de Coogler.

Se o diretor aceitar retornar, o acordo também será um indicativo do papel que ele pode vir a desempenhar na Fase 4 do UCM, se assim desejar. Não é uma constante histórica para a Marvel manter o diretor de uma obra original em sua continuação; mas na maioria das vezes em que o time criativo do primeiro longa foi mantido no segundo, a progressão do trabalho veio acompanhada de um cargo mais importante dentro do escopo do UCM, como é o caso de James Gunn, que não só comandará Guardiões da Galáxia Vol. 3, como também substituirá, de certa forma, os Irmãos Russo no planejamento do UCM ao lado de Feige. Resta, agora, aguardar para ver o desenrolar do caso Coogler - e torcer para seu regresso.



Compartilhe