Pop & Arte

projeto discute discriminação social, racial e de gênero


Fonte: Ascom Maceió

08/03/2019 13h51

No mês de março, quando se comemora o Mês da Mulher, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) intensifica as ações de valorização da mulher de Maceió. Através do Projeto Dois Terços de Prosa Livre, servidores municipais vão discutir ‘Espaço Livre de Discriminação Social, Racial, Diversidade Sexual e de Gênero’. A atividade faz parte das ações da Prefeitura de Maceió voltadas à valorização da mulher, coordenadas pela primeira-dama, Tatiana Palmeira.

O evento acontece na próxima terça-feira (12), às 10h, no miniauditório da Semas, e é voltado para servidores públicos da Semas, onde será discutido o tema visando desenvolver ações educativas que possibilitem a eliminação de ações discriminatória em espaços públicos.

De acordo com o coordenador da Diversidade Sexual da Semas, José Roberto, o curso surge da necessidade de ser criar espaços públicos livres de Preconceitos e Discriminação como: social (pessoas com deficiência, idoso), racial, diversidade sexual e de gênero.

Projeto Dois Terços de Prosa discute discriminação social, racial e de gênero no Mês da Mulher

“Entendemos que os espaços públicos precisam ser acessíveis a todas as pessoas conforme artigo 5° da Declaração Universal dos Direitos Humanos que fala que todo ser humano tem o direito de ser, em todos os lugares, reconhecido como pessoa perante a lei”, explicou.

A secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, reforça que a programação de valorização da mulher segue durante todo o mês de março com seminários, workshop, feira de serviços e oficinas voltadas para as servidoras públicas e as mulheres usuárias da Política de Assistência Social. “A intenção é propor um espaço rico de interações e ações para valorização da mulher”, disse a gestora.



Compartilhe