Rural

Mais de 3 mi de toneladas de cana já foram moídas



26/10/2018 17h43

O Sindaçúcar-AL divulgou os números atualizados da safra 18/19 com os dados de produção acumulados até o dia 15 de outubro, no boletim nº 03. Nos dois primeiros meses da moagem, foram beneficiadas 3,2 milhões de toneladas de cana.

De acordo com a planilha, ante ao mesmo período do ciclo passado, quando haviam sido processadas pouco mais de 996 mil toneladas, houve uma variação superior a 221%.

Os dados acumulados até a primeira quinzena deste mês representam a produção de 14 unidades industriais do Estado em operação nesta safra. Em todas elas, em comparação ao ciclo passado, a quantidade de cana esmagada apresenta variações positivas que oscilam de 0,37% até 700%.

Neste cenário de recuperação, já que na safra passada a quantidade total de cana processada foi de 13,7 milhões de toneladas, a produção de açúcar também acompanha o ritmo de alta.

Segundo o boletim, até o dia 15, foram produzidas mais de 224 mil toneladas de açúcar, enquanto na moagem passada a produção foi de pouco mais de 59 mil toneladas. Neste caso, o crescimento percentual foi de 277%.

Entre os derivados da cana, o etanol foi que teve maior crescimento. Foram produzidos 87.523 metros cúbicos (m³), enquanto na safra 17/18 a produção era de apenas 19.421 m³. Com isso, a variação positiva chegou a mais de 350%.



Compartilhe