Rural

Campo do Gado completa dois anos em Alagoas


Fonte: Bccom Assessoria

05/12/2018 14h41

Há dois anos a parceria de sucesso entre a Frigovale e a Campo do Gado converte em resultados positivos os investimentos realizados na Indústria de Reciclagem Animal, localizada em Arapiraca/AL. 

A fábrica, que  possui a capacidade de processamento de 2000 toneladas por mês,  atualmente produz 1000 toneladas  entre o sebo bovino e a farinha de osso e carne. Os subprodutos não comestíveis provenientes dos abates servem de matéria-prima para outros segmentos e têm como  principais destinos as usinas produtoras de biodiesel  e a indústria de ração animal.

Com a ação da reciclagem animal, segundo Gustavo Machado, presidente do Grupo Campo do Gado, o setor testemunhou avanços no índices de reciclagem animal .

“Temos um diagnóstico altamente positivo dentre o volume de coprodutos reciclados. Isso significa algo que continha potencial altamente poluidor passa a ser transformado em valor agregado com potencial econômico. É uma atividade indispensável, que vem conseguindo acrescentar ao setor”, avaliou Machado.

Ambiental

Com um processo de abate de animais sustentável e limpo, a parceria contribuiu fortemente para o saneamento do meio ambiente com a redução de riscos sanitários no processamento de carcaças, ossos e sangue.

“A proposta é de atender todo Estado, transformando todo subproduto animal, provenientes dos abates, principalmente os bovinos, em matéria-prima para outros segmentos, especialmente a indústria pet”, incluiu Gustavo Machado.

A Frigovale e Campo do Gado têm expectativa positiva de crescimento para os próximos anos diante da retomada do consumo brasileiro de proteína animal e consequentemente dos abates ao ano. Segundo a Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA), o setor é responsável por 55 mil empregos diretos, tendo um PIB de quase R$ 8 bilhões.



Compartilhe