Rural

ATR tem recuperação de 0,8% em dezembro


Fonte: Bccom Comunicação

31/12/2018 11h06

O preço do ATR encerrou o ano de 2018 com uma recuperação acanhada de 0,8% na comparação entre os meses de novembro e dezembro, respectivamente, R$ 0,6269 e R$ 0,6321.

Segundo informou o Consecana-AL/SE, por meio da planilha de cálculos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/ Universidade de São Paulo (CEPEA/ESALQ/USP), quase todos os itens que formam o mix de produtos da cana-de-açúcar em Alagoas tiveram aumento de preço.

O saco do açúcar cristal subiu de R$ 61,90 para R$ 62,09; o VHP comercializado com o mercado mundial também teve alta de preço e passou de R$ 50,48 para R$ 51,83, além do VHP que tem como destino o mercado americano cujo saco subiu de R$ 104,74 para R$ 108,95. O etanol hidratado também teve uma reação com o metro cúbico passando de R$ 1.769,90 para R$ 1.790,65.

Segundo o Consecana, a única exceção ficou a cargo do etanol anidro cujo preço do metro cúbico caiu de R$ 1.939,96 para R$ 1.863,09.

Neste cenário, o preço médio de um quilo de ATR nos produtos que fazem parte do mix da cana em dezembro foi de R$ 1,0695 com valor acumulado de R$ 1,1005.

O levantamento técnico aponta ainda que o valor líquido da cana padrão, que corresponde a 114,09 kg de ATR/tonelada cana, também teve reflexo na alta do ATR em dezembro e passou de R$ 71,5230 no mês anterior para os R$ 72,1163 com acumulado de R$ 74,2041.



Compartilhe