Rural

Fetag/AL prepara mulheres rumo à Marcha das Margaridas


Fonte: Assessoria

23/01/2019 10h23

Reunidas na Sede Social da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura (Fetag/AL),  a  Comissão Estadual de Mulheres iniciou, nesta terça-feira,22,  os preparativos para a Marcha das Margaridas com  apresentação do lema da ”Margaridas  na luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência”.

O primeiro dia de encontro contou com  a participação de diretoras da Fetag, coordenadoras de mulheres nos polos sindicais e parceiras do Estado. Na oportunidade, a  secretária de Mulheres, Raquel Braz,  apresentou  a cartilha didática da Contag  sobre  a Marcha das Marcha das Margaridas 2019.

“O processo da Marcha das Margaridas vem da construção coletiva, expondo, nesse período preparatório, todas as bandeiras que precisam ser fortalecidas enquanto políticas  paras as mulheres. O material didático está sendo distribuído para que todo público conheça melhor nossos ideais”,  afirmou.

Referência para o movimento sindical rural, a Marcha das Margaridas  foi lançada em 2000 e acontece a cada três anos em Brasília/DF, reunindo mulheres rurais, indígenas e quilombolas. A Fetag/AL vem investindo em formação de seu núcleo de mulheres visando uma participação mais atuante do grupo alagoano, segundo explica a agricultora Janaína Ribeiro.

“Começamos uma formação  ainda em 2018 justamente para termos um grupo sólido e engajado pelos direitos das mulheres. Como resultado disso, esperamos mudar essa conjuntura  que vem prejudicando o movimento sindical e influenciar positivamente a população”, pontuou Janaína,  que é agricultora de Paulo Jacinto.

Parcerias

O encontro  da Comissão Estadual de Mulheres continua nesta quarta-feira, 23, a partir das 8h, na sede social, no bairro de Mangabeiras. A Federação convidou gestores da Secretária de Estado da Mulher e membros do movimento sindical em Alagoas para debater parcerias e convocar  maior mulheres e homens do movimento sindical urbano.   

Além da passeata pelo fim da violência e igualdade de direitos,  a Marcha das Margaridas entrega as demandas das mulheres rurais, indígenas e quilombolas  ao governo federal.  Em 2019, a Marcha acontece nos dias 13 e 14 de agosto. 



Compartilhe