a CPLA recebe apoio de Isnaldo Bulhões para ativação da UBL e Programa do Leite | Jornal de Alagoas

Rural

CPLA recebe apoio de Isnaldo Bulhões para ativação da UBL e Programa do Leite


Fonte: Assessoria

09/02/2019 11h35

A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA)  apresentou ao deputado Isnaldo Bulhões, nesta sexta-feira,8, o projeto que vai colocar em atividade a antiga fábrica e a situação do Programa do Leite.

Com a promessa de incluir produtivamente  mais de 10 mil agricultores familiares,promover o aumento de renda e melhorar o escoamento, a Unidade de Beneficiamento do Leite (UBL)  necessita de aporte financeiro para  iniciar as operações.

 O deputado Isnaldo Bulhões se comprometeu em buscar recursos de custeio e capital de giro junto Banco do Nordeste Brasil (BNB) para concluir a montagem da queijaria. “Estamos com o projeto em estágio adiantado, mas precisamos dar um gás para efetivar o funcionamento industrial. Colocaremos nossa força política para fazer  essa interlocução, propondo uma agenda junto ao governo estadual e federal por meio dos Ministérios da Agricultura e Cidadania. Vamos buscar cumprir nosso papel para que  os recursos sejam viabilizados com segurança”, defendeu Bulhões.

Apontada como solução  para o escoamento e a valorização da produção do leite na agricultura familiar, a UBL da CPLA  possui potencial para revitalizar o setor. “O projeto tem um enorme potencial para transformar a cadeia do leite e ao mesmo tempo coloca o produtor como dono do próprio negócio.  O apoio do deputado Isnaldo, sem dúvida, vai nos ajudar a sensibilizar o governo federal  para concretização desse projeto tão esperado pelo pequeno produtor”, sintetizou Aldemar Monteiro, presidente da CPLA.

 Programa do Leite

A continuidade do Programa do Leite em Alagoas  também  esteve na pauta da cooperativa com o parlamentar. O Programa vem sofrendo com contingenciamento de recursos imposto pelo governo federal e  segue com atraso no pagamento desde outubro passado.

O presidente da CPLA apresentou a realidade do Programa que inclui 40 mil pequenos produtores e auxilia a nutrição de  80 mil famílias. “De outubro até agora os produtores estão bancando o Programa sem receber pelo leite fornecido. O Programa tem sido o vetor mais importante da agricultura familiar, mas, infelizmente, tem sido rejeitado pelo governo  federal. Precisamos  reverter essa situação”, lamentou Monteiro.

A situação sensibilizou o deputado federal Isanaldo Bulhões,  que prometeu se engajar em mais essa causa dos alagoanos. 

 “Estamos lutando para viabilizar novos recursos  e a conclusão de um novo convênio entre  governo federal com o Estado.  Faremos essa ponte para que a renda do leite continue sustentando as famílias no campo,  levando  a  garantia de compra e estabilidade ao agricultor. Os produtores terão todo nosso apoio”, garantiu Isnaldo.



Compartilhe