Rural

Safra 18/19 acumula produção de 15 milhões de toneladas de cana beneficiadas


Fonte: Assessoria

14/03/2019 13h27

Com um crescimento superior a 17% em comparação ao mesmo período do ciclo passado, as usinas alagoanas encerraram o mês de fevereiro com uma produção acumulada de 15 milhões de toneladas de cana processadas.

De acordo com dados do Sindaçúcar-AL, divulgados por meio do boletim quinzenal nº12, os números são referentes a produção realizada até o dia 28 de fevereiro. O levantamento informa ainda que oito usinas (Copervales, Leão, Pindorama, Santa Maria, Santa Clotilde, Seresta, Serra Grande e Taquara) já finalizaram a moagem que contou ao todo com 15 unidades em funcionamento.

O boletim informa que, até fevereiro, apenas as usinas Santa Maria e Santa Clotilde haviam registrado variações negativas na quantidade de cana beneficiada ante ao ciclo passado de -23% e -4,5%, respectivamente. Já nas demais unidades, a variação positiva de crescimento oscila entre 10% até 58%.

O levantamento informa ainda que o acumulado da produção de açúcar nesta safra é de 1,1 milhão de toneladas. O crescimento, em comparação ao mesmo período da moagem passada, é de 10,6%.

Das 15 usinas, cinco registaram redução na quantidade de açúcar produzido em comparação ao mesmo período da safra anterior oscilando entre - 2,5% a - 42,3%.

Já a produção acumulada de etanol, em uma safra onde as unidades industriais resolveram apostar em uma moagem com um percentual alcooleiro maior, é de quase 454 milhões de litros.

Neste sentido, como no mesmo período do ciclo passado o acumulado era de 301 milhões de litros, a variação positiva ultrapassou a casa dos 50%.

O boletim informa ainda que todas as 12 unidades industriais, que produziram etanol neste ciclo, tiveram variações positivas que flutuaram entre 5% a 153% ante a moagem passada.



Compartilhe