Rural

Programa do Leite pode acabar até o final de março


Redação
Fonte: Gazetaweb - Blog do Edivaldo Junior

22/03/2020 12h11

O Programa do Leite pode estar com os dias contados. A maior ação social do Governo de Alagoas está com ameaça de se encerrar no final do mês de março. As cooperativas de agricultores familiares que fornecem o produto possuem contrato que vai até o dia 31 deste mês, mas ainda não foi renovado e não possui prazo para renovação.

Criado em 2002, hoje o Programa do Leite beneficia mais de 80 mil famílias alagoanas nos 102 municípios do Estado. São famílias compostas por idosos e crianças carentes que muitas vezes contam com o leite recebido como a única refeição do dia.

Caso o Programa seja suspenso, cerca de 15 mil idosos beneficiados serão afetados, justamente no momento em que Alagoas se encontra no mapa dos estados do Brasil que possuem casos da pandemia do novo Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Agricultura, o edital para que novos contratos sejam realizados, está em tramitação. Porém, com o decreto que suspende os serviços públicos como medida de prevenção ao Coronavírus, o Programa do Leite pode ser suspenso sem resolução alguma.

Além disso, os recursos vindos do Governo Federal para o Programa, não estão garantidos. O Ministério da Cidadania possui um orçamento de 30 milhões para todo o país em 2020. Só para o Estado de Alagoas, seria necessário 28 milhões. A obtenção de mais recursos depende da atuação da bancada federal de Alagoas e do governo estadual.

Esforço

O governador de Alagoas, Renan Filho, informou às cooperativas que irá se esforçar para manter o Programa do Leite no Estado. Renan Filho também recomendou que os agricultores familiares se mobilizassem junto à bancada federal do Estado.

“Quero manter o programa do leite, que é muito importante para Alagoas, mas é preciso também que o governo federal assegures os recursos”, diz o governador.

 



Compartilhe