Rural

Sistema Coletivo da Bacia Leiteira opera com 50% da capacidade


Fonte: Casal

22/03/2020 19h46

O Sistema Coletivo da Bacia Leiteira opera neste domingo (22) com 50% da capacidade, após defeito no banco de capacitores, que são equipamentos elétricos necessários ao início do funcionamento dos conjuntos motobombas da estação elevatória de água, conhecida como EE-2, situada entre Pão de Açúcar e Olho D’água das Flores.

Com a elevatória operando com apenas um conjunto motobomba, somente 50% da água, oriunda do Rio São Francisco, em Pão de Açúcar, são bombeados para o reservatório-pulmão, situado em Olho D’água das Flores. É desse reservatório que o líquido é distribuído para as 18 cidades que são abastecidas pelo Sistema Coletivo.

Técnicos da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) trabalham no conserto do equipamento, que apresentou defeito após um curto-circuito. O serviço começou hoje (22) e continua nesta segunda-feira (23). Tão logo o trabalho seja concluído, o segundo conjunto motobomba da EE-2 será acionado para que o abastecimento volte ao normal gradativamente.

Enquanto isso, o fornecimento de água pode ficar deficiente para as seguintes cidades: Batalha, Cacimbinhas, Carneiros, Dois Riachos, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Izidoro, Maravilha, Monteirópolis, Olho d’Água das Flores, Olivença, Ouro Branco, Palestina, zona rural de Pão de Açúcar, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, São José da Tapera e Senador Rui Palmeira. Já Belo Monte não será afetada porque possui sistema independente.

A Casal reafirma seu compromisso em trabalhar diuturnamente para garantir água potável aos alagoanos de todas as cidades onde opera o abastecimento.



Compartilhe