Rural

Renan Filho libera pagamento do programa do leite


Redação
Fonte: Gazetaweb - Blog do Edivaldo Junior

23/03/2020 21h52

A partir desta terça-feira, 24, agricultores familiares que abastecem o programa do leite em Alagoas deve começar a receber pagamento de parcelas atrasadas

O governador Renan Filho disse, por aplicativo, que determinou a liberação de pagamentos do programa do leite que estavam sendo processados pelas secretarias da Agricultura e da Fazenda.

Os agricultores familiares esperam receber pouco mais de R$ 3 milhões de parcelas referentes a entregas feitas em 2019.

O governo ainda não definiu como o programa continuará em Alagoas.

A partir do próximo dia 31, vencem os contratos de fornecimento com as cooperativas que fornecem o leite (Pindorama, Coopaz e CPLA). Em meio a pandemia do novo coronavírus, a Seagri não terá como fazer um novo edital até o final do mês.

Sem novo contrato ou sem a prorrogação do atual, o fornecimento de leite a 80 mil famílias alagoanas pode ser suspenso. A suspensão, se confirmada, deve atingir cerca de 15 mil idosos – justo o público de maior risco em tempos de Covid-19.

Atualmente o programa do leite atende 80 mil alagoanos, entre idosos, crianças e nutrizes carentes dos 102 municípios alagoanos.

Renan Filho, no entanto, afirma que pretende manter o programa funcionando em Alagoas e recomendou mobilização dos agricultores familiares e da bancada federal do Estado para assegurar os recursos federais para a manutenção da distribuição de leite para famílias carentes do Estado.

"Quero manter o programa do leite, que é muito importante para Alagoas, mas é preciso também que o governo federal assegures os recursos", diz o governador.



Compartilhe