Rural

Presidente da CPLA pede ajuda para Programa do Leite


Fonte: Assessoria

13/05/2020 08h02

Diante do cenário de dificuldades que atravessam os agricultores familiares que fazem parte do Programa do Leite, com o atraso no repasse de recursos, o presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, tem solicitado junto a Assembleia Legislativa, bancada federal, senadores e aos governos estadual e federal a união de forças para que sejam disponibilizados recursos para o programa.

O Programa do Leite, o qual a CPLA faz parte, é responsável pela qualidade na alimentação de cerca de 80 mil famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional, além de fortalecer a cadeia produtiva do leite no Estado de Alagoas com mais de três mil agricultores familiares, que desde janeiro estão sem receber o pagamento.

“Apesar dos atrasos, o fornecimento de leite nunca parou. A CPLA e as demais cooperativas continuamos entregando mais de 52 mil litros de leite por dia para suprir as necessidades alimentares das famílias carentes cadastradas no programa. Pelo produto que estamos entregando, sabemos que não podemos parar de fornecer”, declarou Monteiro, reforçando que, diante dos atrasos, a situação dos produtores está ficando insustentável.

O programa é firmado por meio do Convênio Nº 007/2013, celebrado entre a União, por meio do Ministério da Cidadania e o Governo do Estado via Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura.

“Pedimos o apoio de todos na regularização dos pagamentos. Afinal, tanto os agricultores familiares, quanto as famílias que são atendidas pelo programa serão duramente prejudicados caso o Programa do Leite não tenha continuidade”, solicitou Monteiro.



Compartilhe