Turismo e Gastronomia

Alagoas se consolida como um dos principais destinos do país


Fonte: Agência Alagoas

19/09/2017 14h53

As belas praias e a diversidade de atrativos turísticos do Nordeste farão com que a região seja a mais visitada do Brasil nos próximos seis meses. É o que afirma uma pesquisa do Ministério do Turismo (Mtur), divulgada segunda-feira (18). De acordo com o levantamento, a região foi indicada como o destino escolhido por 50,7% dos brasileiros que têm intenção de viajar.

Nesse cenário, Alagoas vem se consolidando como um dos principais destinos do país. No comparativo, o Estado é o segundo que mais cresce em movimentação de passageiros em 2017, ficando atrás apenas de Recife.

Dados da Infraero revelam que apenas três capitais da região, incluindo Teresina, no Piauí, apresentaram números positivos em movimentação de passageiros com relação ao ano passado.

A expectativa para a alta temporada é ainda mais positiva com o aumento no número de municípios presentes no Mapa do Turismo Brasileiro. A evolução de 28 para 67 cidades representa um crescimento de 139%, evidenciando o potencial turístico e a diversidade em produtos existentes em Alagoas.

Agora, o Estado passa a contar com sete regiões turísticas, sendo elas Lagoas e Mares do Sul, Caminhos do São Francisco, Costa dos Corais, Grande Maceió, Quilombos, Agreste e Caatinga.

O Mapa funciona como base de orientação para o Ministério do Turismo (Mtur) no desenvolvimento de políticas públicas que favoreçam os avanços do segmento em todo o país.

“A expansão do Mapa é essencial ao desenvolvimento econômico e social de nosso Estado. Agora, esses 39 novos municípios estarão aptos a receber recursos federais destinados ao crescimento do turismo, expandindo os nossos produtos para além do sol e mar. A Sedetur irá seguir com o trabalho de promoção do destino e de articulação com os gestores municipais e trade turísticos para estimular e profissionalizar a atividade nessas cidades”, explicou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.



Compartilhe