Turismo e Gastronomia

Fluxo turístico em Maceió aumenta no primeiro trimestre de 2018


Fonte: Ascom Semtur

21/04/2018 10h17

Dados da Infraero e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) em Alagoas revelam um crescimento expressivo do fluxo turístico de Maceió. De acordo com os números referentes à movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares e à ocupação hoteleira no primeiro trimestre deste ano, mais de 595 mil pessoas já passaram pela capital alagoana, que obteve um aumento de 6,44% na taxa de ocupação, se comparado ao mesmo período de 2017. Os indicadores apresentam altas mensais consecutivas – há um ano o fluxo de passageiros cresce no aeroporto, enquanto a ocupação hoteleira se mantém positiva há sete meses.

Com 81% de ocupação hoteleira, um aumento de 8,56% em relação ao mesmo período do ano passado, o mês de março registrou a passagem de 177.458 mil pessoas pelo aeroporto, 6,31% a mais do que o registrado pelo mesmo mês em 2017. Entre os três meses analisados, março obteve o maior crescimento na hotelaria, enquanto fevereiro foi o que apresentou maior aumento do fluxo de passageiros (11,72%).

A expectativa do setor é que os indicadores se mantenham positivos na baixa temporada, já que a capital alagoana ocupa lugar de destaque no atual cenário nacional – Maceió foi eleito por mais de 300 agências de viagens o melhor destino turístico do Brasil na Aviesp 2018, que aconteceu em São Paulo no começo deste mês, além de ser considerado o preferido dos brasileiros para as férias de julho, segundo pesquisa publicada esta semana pela maior operadora da América Latina, a CVC.

Segundo o secretário municipal de Turismo, Jair Galvão, apesar dos números da ocupação hoteleira refletirem um aumento do fluxo turístico na capital, o desafio da Prefeitura de Maceió junto ao trade turístico é aumentar a diária média dos hotéis. “Este desempenho é extraordinário para o Turismo de Maceió, uma vez que acontece em meio ao crescimento da oferta de leitos na cidade. O desafio agora é continuar incrementando a ocupação hoteleira alavancando a diária média, por meio da qualificação do público, que, por sua vez, se dará pela qualificação do destino turístico, com projetos de estruturação da Prefeitura em parceria com o trade”, avaliou o gestor.

Novos voos

Outro fator que deve contribuir para o fluxo turístico na baixa temporada é a recente expansão da malha aérea, com a conquista de novos voos domésticos regulares (Guarulhos e Porto Alegre) e internacionais, como o voo direto da cidade argentina de Córdoba. No mês de março, os voos nacionais obtiveram um aumento de 5,79%, enquanto nos internacionais, o crescimento foi de 82,03%.

De acordo com Jair Galvão, os indicadores deverão contribuir significativamente para que o setor trace novas estratégias frente ao mercado estrangeiro. “Há um esforço conjunto, um trabalho sinérgico entre a Prefeitura de Maceió, por meio da Semtur, e todo o trade turístico para a promoção do destino dentro de fora do país e a expansão do mercado internacional, principalmente na América do Sul, com a intensificação das negociações com a Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai”, destacou.

Além da ABIH, são parceiros da Semtur a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas e o Maceió Convention & Visitors Bureau.



Compartilhe