Turismo e Gastronomia

Experimente Maceió: natureza, aventura, cultura e sabor na orla


Fonte: Experimente Maceió

07/09/2018 11h44

Com um cenário paradisíaco em meio à paisagem urbana, a orla marítima de Maceió é considerada uma das mais bonitas do Brasil. Além do mar azul de águas aquecidas o ano inteiro e uma extensa alameda de coqueiros que compõem um visual tropical de tirar o fôlego, o calçadão conta com opções de atividades ao ar livre que atendem a todo tipo de público – barracas pé na areia, academias de ginástica, parquinhos infantis sustentáveis, quadras esportivas, pista de skate, feiras de artesanato, wifi gratuito, aluguel de pranchas de SUP e caiaque e uma ciclovia que se estende de Jacarecica ao Pontal da Barra, por mais de 40km.

Sem contar com diversos monumentos históricos presentes ao longo da costa, como as estátuas de Graciliano Ramos, Paulo Gracindo e Aurélio Buarque de Holanda, a recém-inaugurada Jangada Independência e os diversos pontos “instagramáveis”, a exemplo do letreiro Eu Amo Maceió e totem fotográfico do Experimente Maceió.

E o melhor é que tudo isso pode ser aproveitado a pé! Uma das vantagens de passear em na capital alagoana é a proximidade dos atrativos. Explorar a orla de bicicleta também é uma boa opção para aproveitar o alto astral do calçadão sempre movimentado.

Anote essas dicas do blog Experimente Maceió e aproveite os dias de folga!

Exercite-se ao ar livre

A orla de Maceió é ideal para quem curte exercícios ao ar livre. O extenso calçadão com mais de 40 km de ciclovia é perfeito para caminhadas, pedaladas e outros práticas esportivas como patins, skate e slackline.

Além das diversas estações de ginástica instaladas em trechos da Pajuçara, Ponta Verde, Cruz das Almas e Jacarecica, a orla conta com uma academia ao ar livre que é sucesso entre maceioenses e turistas. Bem equipado e com acompanhamento profissional, o espaço fica localizado na Jatiúca e possui uma bela vista para o mar. O acesso é gratuito, mediante identificação e avaliação física no local, que funciona de segunda a sexta das 6h às 10h e de 16h às 20h e aos sábados apenas no primeiro horário.

Em diversos trechos da praia, principalmente na faixa de areia da Ponta Verde, é possível encontrar também serviços de aluguel de pranchas de Stand Up Paddle, caiaques e outros equipamentos esportivos e de lazer.

Experimente os sabores da orla

São tantas opções de bares, restaurantes, pizzarias, barracas pé na areia, quiosques e lanchonetes de bom padrão ao longo da orla que fica difícil escolher para onde ir. Porém, existem experiências gastronômicas obrigatórias para quem quer desfrutar da típica culinária maceioense. É o caso das tapiocas doces e salgadas, dos sucos e sorvetes de frutas tropicais variadas, como caju, mangaba, pitanga, cajá, acerola, graviola e outras, da água de coco à beira-mar, caldo de cana, dos famosos caldinhos, da tradicional macaxeira com carne do sol e queijo coalho, além dos pratos feitos à base de frutos do mar e da lagoa.

Na praia, as diversas barracas oferecem um cardápio onde itens como camarão, peixe, lagosta, sururu, maçunim, siri, polvo, lula e caranguejo são os protagonistas – muitos servidos como petiscos aos clientes que optam pelo atendimento na faixa de areia. Com muito leite de coco e um tempero marcante herdado da culinária quilombola, a gastronomia litorânea divide espaço com a regional e a internacional.

Aproveite as piscinas naturais da Pajuçara

O passeio de jangada às famosas piscinas naturais da Pajuçara está no topo da lista de experiências obrigatórias em Maceió. Certamente é um dos lugares mais bonitos da capital alagoana. Rodeadas por recifes de corais, as piscinas de águas aquecidas e transparentes são verdadeiros spas naturais e contam com grande diversidade marinha ao redor.

Os jangadeiros, que realizam o passeio até as piscinas naturais, cobram, em média R$ 40 por pessoa para realizar o trajeto mar adentro. As rústicas jangadas ficam na faixa de areia da Pajuçara, próximo à Feirinha do Artesanato.

O passeio só é possível na maré baixa, por isso, é necessário consultar a tábua de marés. Também é importante chegar ao local de saída das jangadas pelo menos meia hora antes do horário previsto.

Encante-se com a Feirinha do Artesanato

Em um dos trechos mais movimentados da orla de Pajuçara está localizada a Feirinha do Artesanato, que reúne diversos tipos de artesanatos locais e regionais, além de grande diversidade de itens de vestuário, decoração e souvenirs de todos os tipos e tamanhos.

As dezenas de barraquinhas oferecem artigos em madeira, palha, couro, coco, rendas como o tradicional filé (Patrimônio Imaterial de Alagoas) e outras matérias-primas. Do outro lado da avenida à beira-mar, quase em frente à feirinha, fica o Pavilhão do Artesanato – outro galpão que reúne peças artesanais incríveis. Com preços acessíveis, os galpões contam com boa estrutura e grande variedade de itens.

Vá ao Centro Cultural Arte Pajuçara

No coração da movimentada orla de Pajuçara existe um local que é um dos principais pontos culturais da cidade – o Centro Cultural Arte Pajuçara. O charmoso espaço abriga um pequeno cinema com curadoria de alto nível, famoso por trazer para a capital alagoana festivais independentes nacionais e internacionais, filmes de arte, pré-estreias com a presença de diretores e eventos temáticos que costumam reunir a comunidade cultural.

O Cine Arte Pajuçara fica em frente à feirinha do artesanato e conta com sessões a preços acessíveis (R$ 8 a meia entrada e R$ 16 a inteira). O local reúne também galeria de arte, café, teatro e espaço de convivência.

Para saber mais sobre a programação do centro cultural, acesse http://www.artepajucara.com.br/.

Leve as crianças para brincar

Os parquinhos sustentáveis da orla já ganharam o coração dos pequenos. Construídos à beira-mar com madeira de reflorestamento, os espaços são gratuitos e contam com muitos brinquedos – balanços, escorregadores, gangorras, rede para escaladas e outros equipamentos de lazer e entretenimento para as crianças. Os parquinhos contam também com tomadas para recarregar celular por meio de energia solar.

As estruturas estão localizadas em frente ao mar de Ponta Verde (um próximo à barraca Lopana e outro em frente ao Maceió Mar Hotel) e de Pajuçara (próximo ao restaurante Parmegianno).

Aproveite o Praia Digital

Além de toda a estrutura ofertada na orla, Maceió ainda conta como projeto Praia Digital, que disponibiliza WiFi gratuito no trecho entre Pajuçara e Jatiúca. Alguns pontos de internet banda larga foram instalados em bancas de revista identificadas com a marca Vivo.

A rede “VIVO_e_PREFEITURA_MACEIO” é aberta e cada ponto disponibiliza WiFi em um raio de 50 metros, com velocidade que varia entre 50 e 100 mb/s.

Assista ao mais lindo pôr-do-sol

O entardecer na orla de Maceió encanta em qualquer trecho do calçadão – uma diversidade de cores e tons que impressionam e mudam a cada minuto. Além da faixa de areia, dos bancos do calçadão e do mirante da Ponta Verde, ao lado do totem Eu Amo Maceió, a dica é contemplar o pôr-do-sol sem pressa em uma das várias barracas de praia.



Compartilhe