Turismo e Gastronomia

Incremento em ações de mídia vai impulsionar turismo em Alagoas no próximo ano


Fonte: Assessoria

29/11/2018 17h03

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, anunciou, nesta quinta-feira (29), o plano de investimentos em mídia para o Destino Alagoas em 2019. O anúncio ocorreu durante café da manhã no restaurante Divina Gula, onde o Maceió Convention & Visitors Bureau e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH/AL) apresentaram os resultados do setor durante o ano de 2018.

De acordo com gestor da Sedetur, o Governo do Estado irá investir em mídias voltadas para o turismo em 2019, com anúncios nos principais sites de viagens. Também estão incluídas ações com operadoras e com influenciadores digitais do Brasil e outros países da América Latina, como Argentina, Chile, Peru e Uruguai, além de anúncios e vídeos em revistas de bordo nas principais companhias aéreas do país.

“Eu não tenho dúvidas de que, nos próximos quatro anos, o turismo vai ter uma relevância muito grande no Governo e na economia do nosso Estado. Teremos entregas importantes e, para 2019, já está programado e planejado o maior investimento em mídia da história do turismo no Estado de Alagoas. A ideia é que façamos uma mídia digital inteligente, voltada ao consumidor final”, afirmou Brito.

Para o presidente da ABIH/AL, Milton Vasconcelos, o incremento nas ações de mídia é fundamental para alavancar o Destino Alagoas. “Essa foi uma excelente notícia para quem trabalha com turismo no estado. Temos grandes expectativas para o setor em 2019 e acredito que esse incremento vai contribuir demais para o sucesso do nosso destino no ano que vem”, afirmou Vasconcelos.

O secretário Rafael Brito falou, ainda, sobre as entregas que devem ser feitas até 2020, e elencou as obras no Mercado de Jaraguá, Alagoinhas, mirante de Porto de Pedras, a reforma do Centro de Convenções e a criação de uma agência de promoção para Alagoas entre as ações previstas. Um novo acordo sobre o Querosene de Aviação também deve ser estabelecido com as companhias aéreas Gol e Avianca.

“Estamos discutindo um grande acordo. Em 2016, o Estado já reduziu de 17% para 12% o ICMS do combustível da aviação, em forma de incentivo fiscal para as companhias aéreas. E a gente tem um espaço, agora, com a Gol para diminuir ainda mais o ICMS cobrado, negociando, assim, um aumento da nossa malha aérea”, disse Brito.

Resultados

Durante o evento desta manhã, a ABIH/AL e o Maceió Convention mostraram os resultados alcançados em 2018. De acordo com a ABIH/AL, este ano foram capacitados mais de 2.500 agentes de viagens do Brasil e da América Latina para vender o Destino Alagoas. Além disso, a instituição, que possui convênio com a Sedetur, participou de 37 eventos nacionais e internacionais.

Ainda de acordo com a ABIH/AL, a média de ocupação hoteleira no Estado foi de 73% entre janeiro e outubro deste ano, apresentando um crescimento de 4% com relação ao ano passado. Já o Maceió Convention & Visitors Bureau apresentou o resultado da captação de eventos corporativos este ano – foram 48 eventos realizados, com cerca de 50 mil participantes e a geração de um impacto econômico direto de R$ 69 milhões.

“O setor do turismo é o segundo maior empregador do estado de Alagoas, sendo o primeiro na capital, e nós não temos dúvidas de que, em pouco tempo, seremos os primeiros do estado, em função dessa grandiosidade”, afirmou a superintendente do Maceió Convention, Danielle Novis.

De acordo com o Maceió Convention & Visitors Bureau, vinte e nove eventos já estão confirmados até 2021, que devem contar com 26 mil participantes e gerar um impacto econômico de R$ 31 milhões.



Compartilhe