a Maceió é capa de caderno na Folha de S. Paulo | Jornal de Alagoas

Turismo e Gastronomia

Maceió é capa de caderno na Folha de S. Paulo


Fonte: Ascom Semtur

25/01/2019 13h50

A gastronomia de Maceió, representada por uma safra de chefs renomados, estampa a capa da versão online e impressa do Caderno de Turismo da Folha de S. Paulo desta última quinta-feira (24). Considerada o segundo principal atrativo turístico do destino, perdendo apenas para as belezas naturais, a excelência da culinária alagoana é destaque no jornal de maior circulação do Brasil após trabalho de marketing realizado pela Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) em Alagoas e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas, junto à imprensa especializada.


A publicação, que reúne três grandes matérias jornalísticas, também destaca o passeio às Piscinas Naturais da Pajuçara, atrativo considerado símbolo do destino, e ao Farol da Ponta Verde, onde é possível caminhar entre as piscinas que se formam em meio aos arrecifes de corais na maré baixa. Além das experiências gastronômicas e de praia, o material reúne, ainda, informações sobre o artesanato local, no Pontal da Barra, e outros serviços ofertados aos turistas.  

As experiências do destino foram apresentadas à Folha em dezembro do ano passado, durante mais um press trip realizado pela Prefeitura de Maceió, por meio do convênio com a ABIH em Alagoas, em que resultou na geração de mídia espontânea sobre o destino. O roteiro realizado pela equipe de Marketing da Semtur priorizou o circuito gastronômico local, que alcançou grande destaque nacional no ano passado, com chefs vencedores de prêmios como o Prazeres da Mesa, bem como participações em programas de TV de grande repercussão, como o Masterchef Profissionais, da Band, e o Fechando a Conta, da Rede Globo.

O material destaca os ingredientes locais como principais autores da projeção da culinária alagoana na cozinha contemporânea nacional. Entre os restaurantes contemplados na matéria, se destacam o Akuaba e Vera Moreira, comandados pelo chef Jonatas Moreira; Picuí, do chef Wanderson Medeiros; Wanchako, primeiro peruano do Brasil, comandado pela chef Simone Bert; Aratu, do chef Paulo Quintella; o SuR, dos chefs Felipe Lacet e Sérgio Jucá; o Divina Gula, dos chefs Vitor e André Generoso; Casa de Mainha; Bodega do Sertão; além da barraca de praia Kanoa e do popular Bar do Bahia, em Marechal Deodoro.

De acordo com o titular da Semtur, Jair Galvão, o trabalho de marketing promocional para a geração de mídia espontânea realizado pela Secretaria e parceiros é fundamental para a manutenção do bom posicionamento nacional do destino Maceió. “Por meio de ações que estimulem os grandes veículos especializados do Brasil na divulgação dos produtos turísticos da capital alagoana, fortalecemos a comunicação com o público final. Com a capilaridade de veículos como a Folha, com milhões de acessos mensais, temos a oportunidade de influenciar na tomada de decisão do turista que tem contato com esse conteúdo”, explicou o gestor.

O site da Folha conta com uma audiência de 28 milhões de visitantes únicos e 190 milhões de páginas vistas por mês, segundo o Google Analytics.  Já a versão impressa do jornal ultrapassa a tiragem de 325 mil exemplares.

Azul Magazine

O mês de janeiro também foi marcado pelos resultados da press trip realizada com a revista de bordo da companhia aérea Azul Magazine em outubro. Maceió foi capa da publicação na edição deste mês, distribuída em todos os voos nacionais e internacionais da companhia e com mais de dois milhões de acessos por mês na versão online.

Confira as matérias que estampam o Caderno de Turismo da Folha de S. Paulo, nos links:

https://www1.folha.uol.com.br/turismo/2019/01/safra-de-chefs-transforma-cozinha-de-alagoas-em-atracao-turistica.shtml

https://www1.folha.uol.com.br/turismo/2019/01/bar-flutuante-e-piscina-natural-sao-atracoes-de-maceio-na-mare-baixa.shtml

https://www1.folha.uol.com.br/turismo/2019/01/cozinha-de-alagoas-vive-enfraquecimento-de-tradicoes-mas-rompe-fronteiras.shtml



Compartilhe