Turismo e Gastronomia

Destinos turísticos são alvos da exploração do trabalho infantil


Mozart Luna
Fonte: Meio Ambiente e Turismo

31/01/2019 15h29

As cidades que são destinos turísticos no Nordeste, durante o período de verão  sofrem rotineiramente com a presença de crianças e adolescentes, muitas vezes orientadas pelos pais a trabalhem na venda ambulante de produtos alimentícios, artesanatos e até mesmo a mendicância.

Essa prática tem sido combatida por administrações municipais que possuem uma política série de monitoramento de menores circulando em espaços públicos, principalmente em locais de grande fluxo turístico, onde a exploração de menores e realizada por adultos.

O combate ao trabalho infantil não pode se restringir apenas a ações repressivas, mas principalmente por iniciativas que busquem ocupar as crianças, que geralmente estão de férias das aulas nas escolas públicas, com atividades educativas com lazer, cultura e esporte.

Neste sentido vale destacar o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Delmiro Gouveia que através da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, no último domingo, por meio da coordenação das Ações Estratégicas do PETI a campanha “No Verão, Trabalho Infantil Não”.

O loca para o lançamento do Projeto foi o Restaurante Castanho, onde a equipe realizou um importante momento de sensibilização aos turistas e aos delmirenses, destacando a importância de não utilizar a mão de obra Infantil.

Durante a ação, panfletos educativos com informações de prevenção ao trabalho infantil foram distribuídos e diversas pessoas foram convidadas aderir à campanha.

“Por todo o verão estaremos com ações da Campanha em diversas localidades do nosso município, iniciamos neste domingo e pretendemos levar até o carnaval, devido ao grande número de ambulantes que utilizam a festa para ganhar uma renda extra. Ainda na primeira ação, apresentamos os malefícios que esse trabalho infantil traz para nossas crianças, e destacamos que juntos somos mais fortes”, frisou coordenador das Ações Estratégicas do PETI, Neverton Noia.



Compartilhe