Informações exclusivas sobre política, economia e os principais fatos do Estado

Vice-prefeita de Pilar não assumiu o cargo


Blog do JAL

24/02/2021 15h51

Os planos políticos do prefeito de Pilar, Renato Filho (PSC) devem ser frustrados nas próximas eleições de 2022, pois sua candidata a vice não irá assumir o cargo. A vice-prefeita, Ivanilda Rodrigues (PSDB) protocolou o seu pedido de posse na Câmara Municipal de Pilar na segunda-feira (22), quase dois meses depois do tempo determinado.  

No dia da posse, 1º de janeiro Ivanilda estava doente e deu entrada com um atestado médico com dez dias de afastamento. Depois disso ela não apareceu com mais nenhuma documentação, até segunda-feira.



Compartilhe
comentários

Município de Pilar recebe R$200 milhões em royalties da ANP


Blog do JAL

14/02/2021 16h54

Um processo judicial entre os municípios de Marechal Deodoro e Pilar, pela posse da Estação Coletora de Embarque e Desembarque de Petróleo e a Unidade Produtora de Gás Natural, foi decidido em julho de 2020 e privilegiou a Prefeitura Municipal de Pilar com o montante de R$200.579.809,04 em royalties, que serão pagos pela Agência Nacional do Petróleo em cinquenta vezes.

De acordo com a vereadora Thais Canuto (MDB) esta luta foi iniciada pelo seu pai, prefeito de Pilar por três mandatos, Carlos Alberto Canuto (MDB). “Para quem ainda não tem ciência, no segundo mandato do meu pai, ele ingressou na justiça para que essa realidade se concretizasse hoje e apesar da justiça ser lenta e ter rendido quase uma década para finalizar a questão, fico muito feliz pelo nosso município está passando por uma fase muito boa financeiramente falando, mas temos que também olhar para as pessoas, que não estão tão bem como a prefeitura está”, expõe.

"Desse modo, defiro o requerimento do Município exequente para determinar à ANP o pagamento da quantia incontroversa de forma parcelada (50 parcelas), como e nos termos propostos pela própria ANP e aceito pelo Município de Pilar, no importe de R$ 200.579.809,84 (duzentos milhões, quinhentos e setenta e nove mil, oitocentos e nove reais e oitenta e quatro centavos), (cf. resumo de cálculo – constante no parecer técnico da executada – id. 4058000. 6670802)”, diz a decisão judicial, referente ao processo nº 0802790-03.2020.4.05.8000, julgado pela 4ª Vara Federal de Alagoas no dia 9 de julho de 2020.

 

Por Ronaldo Valentim/ Com Assessoria



Compartilhe
comentários

Carnaval: lojas do Centro de Maceió abrem em horário normal


Blog do JAL
Fonte: Fecomércio

08/02/2021 18h07

A maioria das lojas do Centro de Maceió estarão funcionando normalmente no período de Carnaval. A informação foi confirmada nesta segunda-feira, dia 08, pela Aliança Comercial de Maceió.

 No entanto, a assessoria de Comunicação pontuou que já foi solicitado aos órgãos competentes segurança e a questão de transporte para quem se dirigir ao local.

Diante desse contexto, na tentativa de alcançar um viés de resposta objetiva à preocupação quanto ao impacto do que está sendo chamado de “cancelamento” do Carnaval, com a abertura das lojas nos dias 15 e 16 de fevereiro, o assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estada de Alagoas (Fecomércio AL), Victor Hortencio, se baseia nos números de faturamento diário do setor terciário no Estado, derivado, por sua vez, do Valor Adicionado Bruto (VAB) anual, disponibilizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em se tratando de números, em um cenário de mais de 143 mil empresas ligadas ao setor de Comércio e Serviços, entre elas, de acordo com a Receita Federal do Brasil, 81 mil estabelecimentos identificados como microempreendor individual (MEI), 48 mil microempresas (ME), sete mil empresas de pequeno porte (EPP) e mais seis mil estabelecimentos de outros portes, estima-se que a soma do faturamento anual das empresas alagoanas se aproxime dos R$ 21,828 bilhões, registrando, em média, uma receita diária de R$ 59 milhões.

A partir desse cálculo, de acordo com o assessor econômico da Fecomércio, dois dias de abertura das lojas gerariam uma receita de R$ 118 milhões. Entretanto, é preciso considerar que, ainda segundo Hortencio, esses números fazem referência à média de faturamento de dias com plena atividade do Comércio em Alagoas.

“É importante lembrar a complexidade dessa situação, considerando, também, a interferência de questões não tão objetivas – de cunho comportamental – nesse contexto. Como por exemplo, a aceitação e a disponibilidade dos consumidores em aderirem esse novo calendário durante um período que é tradicionalmente de viagens e descanso”, pontuou o assessor econômico, ao observar que um baixo fluxo de clientes nos dias de abertura pode gerar um faturamento muito distinto da média obtida.

Isto porque este será o primeiro ano em que há possibilidade de abertura ampla do comércio no período carnavalesco e, embora não haja como prever o comportamento do consumidor, a expectativa do empresariado é otimista. “Acreditamos que estes dias a mais de venda tragam uma repercussão positiva na economia das empresas e, para o consumidor, a comodidade de realizar suas compras sem precisar esperar pelo fim do carnaval”, destacou Gilton Lima, presidente da Fecomércio.



Compartilhe
comentários

Escolha de nova presidente da CCJ é criticada por políticos


Blog do JAL
Fonte: UOL

03/02/2021 16h29

A indicação da deputada Bia Kicis (PSL-DF) para presidir a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deixou atônitos não só os adversários, mas também os aliados de Arthur Lira (Progressistas-AL), o novo presidente da Casa.

A resistência ao nome da parlamentar é enorme no entorno de Lira e muitos deputados tentam reverter a escolha

Não são poucos os que acham que é um absurdo colocar no comando da comissão encarregada de julgar a constitucionalidade dos projetos alguém que defende torturadores, apoia atos antidemocráticos e ofende ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Bia Kicis também é investigada pelo STF no inquérito que apura a divulgação de fake news

O acordo que selou a escolha da deputada para presidir a comissão envolve a indicação do presidente do PSL, o deputado pernambucano Luciano Bivar, para a primeira secretaria da Câmara

Mesmo pesselistas, no entanto, não gostaram da indicação de Kicis. A ala que não é afinada ao bolsonarismo deve resistir

Alguns voltaram a cogitar a expulsão da deputada. Como a indicação para a presidência da CCJ é do partido, se ela sair do PSL não poderá ocupar o cargo. Essa hipótese, porém, já foi levantada em outros momentos de discordância, não prosperou e agora seria ainda mais remota

Integrantes de outros partidos que apoiaram a eleição de Arthur Lira também não aceitam a escolha. A saída mais viável discutida pelos descontentes, caso a indicação de Kicis para a CCJ seja confirmada, é a rejeição do nome dela pelos integrantes da comissão, que têm que referendar a escolha

O Jornalista Reinaldo Azevedo postou em seu twitter sua indiginação com a escolhas. "Bia Kicis (PSL-DF) no comando da Comissão de Constituição e Justiça é como entregar um berçário aos cuidados de Herodes. É provocação barata de Jair Bolsonaro ao STF por intermédio de Lira. A tal é investigada no inquérito das fake news aberto pelo tribunal. Defendeu abertamente intervenção militar contra o Supremo, além de praticar um negacionismo asqueroso no caso da Covid", escreveu o colunista da UOL. 

 



Compartilhe
comentários

Festa da vitória de Arthur Lira causa aglomeração


Blog do JAL
Fonte: Poder 360

02/02/2021 20h38

A vitória do deputado Arthur Lira (PP-AL) na eleição para presidente da Câmara dos Deputados, na noite de segunda-feira (1), foi celebrada em uma festa para cerca de 300 pessoas em uma casa no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. O evento terminou já na madrugada desta terça-feira (2)

A maior parte dos convidados não usava máscara de proteção contra a Covid-19. No primeiro pronunciamento como presidente da Câmara, proferido por volta das 22h, Lira pediu 1 minuto de silêncio para os mortos pela pandemia no Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, 225.099 pessoas morreram por causa da doença no país até a noite dessa segunda (1).

Uma banda animou os convidados. No telão, foram exibidos vídeos e fotografias da trajetória de Arthur Lira e das viagens do congressista pelo Brasil durante a campanha para presidente da Câmara.

Os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Fábio Faria (Comunicações), o secretário Jorge Seif (Pesca) e o secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten, estiveram na festa representando o presidente Jair Bolsonaro.

Lira foi o candidato do Palácio do Planalto no pleito. Seu principal adversário foi o deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), apoiado pelo ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Foram 302 votos a 154.

Os deputados Julian Lemos (PSL-PB) e Joice Hasselmann (PSL-SP), que romperam com Bolsonaro, foram à festa.



Compartilhe
comentários

Expectativas para a gestão de Pacheco na presidência do Senado


Blog do JAL
Fonte: Estadão

02/02/2021 10h54

Com apoio do Palácio do Planalto, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito o novo presidente do Senado, com 57 votos, contra 21 de sua adversária, Simone Tebet (MDB-MS). Ele chega ao cargo defendendo a agenda de reformas do governo, mas com a pandemia de covid-19 travando a pauta. De acordo com parlamentares ouvidos pelo Broadcast Político, dificilmente algum projeto fora do tema da crise avançará enquanto o novo coronavírus avançar no País.

Como presidente do Senado, o senador do DEM será responsável por convocar a votação do Orçamento de 2021, que ainda está parada no Congresso. A proposta é decisiva para o governo do presidente Jair Bolsonaro, pois define o tamanho da verba de cada ministério, e também para os congressistas, pois estabelece o destino das emendas parlamentares. O Centrão da Câmara pressiona pela instalação da Comissão Mista de Orçamento (CMO) para discutir o projeto.

Uma vitória de Pacheco, de acordo com técnicos e integrantes do Congresso, traz tranquilidade para o presidente Bolsonaro na análise do Orçamento. Um grupo adversário controlando essa pauta poderia pressionar o Executivo com projetos que aumentem gastos. O parlamentar demonstrou que não pretende entrar em colisão com o Executivo na administração das contas públicas e no destino do teto de gastos. A regra, porém, não pode ficar "intocada" na pressão social, afirmou ele ao Broadcast Político, antes da eleição.

Na campanha para a presidência do Senado, Pacheco elegeu o tripé "saúde pública, crescimento econômico e desenvolvimento social" como projeto de gestão, ao qual chamou de "trinômio". A discussão sobre o plano de vacinação contra covid-19 no País vai ser o primeiro item na agenda da Casa, de acordo o parlamentar, eleito para presidir o Congresso Nacional até o início de 2023.

Além do governo, Pacheco recebeu o apoio de partidos de oposição no Senado: PT, PDT e Rede. Essas legendas pressionam pela retomada do auxílio emergencial, pago durante a pandemia de covid-19. Sem apresentar uma solução para uma nova rodada do benefício dentro do teto de gastos, o senador deixou a "batata quente" com o Executivo e colocou a definição sob a atribuição do presidente da República.

Para abrir espaço no teto de gastos, o governo defende a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial. A medida, porém, deve ser desidratada pelo Senado. De acordo com parlamentares, não há ambiente para corte de salário e jornada dos funcionários públicos - um dos itens previstos - ainda mais em meio à crise de covid-19. O movimento pode reduzir o impacto fiscal da PEC.

O alinhamento de Pacheco com o Planalto, porém, não dará um ambiente de apoio incondicional ao governo. A agenda de privatizações é uma das incertezas. Em entrevista, Rodrigo Pacheco fez questão de deixar a capitalização da Eletrobras fora das prioridades para o ano.

"A pandemia é o mote principal de enfrentamento. O foco agora haverá de ser a preservação da saúde pública, um programa social e o crescimento econômico a partir das reformas que sejam necessárias no sistema tributário, a administrativa, as privatizações, não essa da Eletrobras, mas de um modo geral diminuir o tamanho do Estado empresário", afirmou Pacheco, em entrevista à reportagem.

No campo político, Pacheco assume a presidência do Senado alinhado ao Planalto e com a expectativa de blindar o governo na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News e no Conselho de Ética, onde o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) é alvo de uma representação. O senador do DEM sinalizou que só vai reativar esses colegiados após o retorno presencial dos trabalhos no Senado, ainda travado pela pandemia.



Compartilhe
comentários

Antiga Fábrica da Pedra se transforma em Shopping da Vila


Blog do JAL

01/02/2021 14h09

Galpões da fábrica da Pedra - fundada por Delmiro Gouveia - são transformados em um complexo de empreendimentos no sertão alagoano 

Artigo: Edvaldo Nascimento 

Professor Dr. em Teoria e História da Educação pela UFPE

O cearense Delmiro Augusto da Cruz Gouveia é considerado por muitos como o pioneiro da industrialização do sertão do São Francisco. Ele fundou um Núcleo Industrial no lugarejo de Pedra, município de Água Branca. Sob seu comando foi construída a Usina Hidrelétrica de Angiquinho, primeira hidroelétrica do Nordeste, inaugurada em 26 de janeiro de 1913. Também foi desse comerciante a ideia de construir um núcleo residencial e uma fábrica de linhas. A partir da inauguração da usina hidroelétrica e da fábrica, o Núcleo Fabril da Pedra vai se transformar segundo palavras de Plínio Cavalcanti, primeiro a escrever sobre o núcleo industrial sertanejo, numa colmeia de trabalho e ordem social. Chegou a ter quatro mil pessoas nos primeiros anos de atividades. Com o assassinato de Delmiro Gouveia, em 1917, seu sócio Lionelo Iona assume o comando da companhia, tendo a fábrica a gerencia de Adolpho Santos. Desavenças com os herdeiros de Delmiro Gouveia afastam Lionelo Iona do comando da Companhia. Noé Gouveia e as irmãs Noêmia e Maria Gouveia, representadas por respectivos esposos, passam a comandar os destinos da empresa.

A concorrência desleal da Machine Cottons, empresa estrangeira concorrente da fábrica de linhas Estrela, foi intensificada nos anos de 1925 e 1926 levando a indústria de linhas a uma crise econômica. Adicione as dificuldades vividas pelas indústrias têxteis brasileiras que enfrentavam a concorrência das empresas estrangeiras e o baixo preço dos produtos importados. Não suportando as dificuldades e sem tino para os negócios os filhos de Delmiro Gouveia vendem o complexo industrial e comercial fundado no sertão alagoano no início do século XIX.

Em 1927 assumem o comando dos negócios da Companhia Agro Fabril Mercantil o grupo Menezes Irmãos & Cia., tradicional na indústria têxtil pernambucana. Será na gestão dos irmãos Luiz e Vicente Lacerda de Menezes firmado um acordo com a Machine Cottons, para a fábrica encerrar a produção de linhas e entregar as máquinas a sua principal concorrente. Este fato ocasionará em um dos mais trágicos acontecimentos da indústria sertaneja, que teve no início de 1930 parte do maquinário quebrado e jogado penhasco abaixo na cachoeira de Paulo Afonso. O parque industrial é reestruturado e a fábrica passa então a produzir tecidos. Com a morte de Vicente Lacerda de Menezes na década de 1940, seu filho Antônio Calos de Menezes assumiu o comando das empresas. Foi esse empresário que conduziu por mais tempo os negócios da Companhia Agro Fabril Mercantil, e da Fábrica da Pedra. A indústria sertaneja na gestão de Antônio Carlos se consolida como uma das principais do setor têxtil no Brasil. As dificuldades econômicas nas empresas levaram o industrial a cometer suicídio em 10 de maio de 1983.

Ameaçada de paralisar suas atividades a fábrica é adquirida pelo empresário Ivan Botelho em 1986. A razão social da companhia passa a ser Multifabril Nordeste S/A. Apenas oito anos sob o comando do grupo mineiro, o grupo Cataguases Leopoldina vende a indústria para o Grupo empresarial alagoano Carlos Lyra.

Quando assumiu a empresa em 1992, a fábrica da Pedra realizou altos investimentos na modernização do seu maquinário e equipamentos, totalizando mais de 22 milhões de investimentos. Na gestão do empresário alagoano a fábrica têxtil conquista o mercado brasileiro e sul americano. A crise na indústria têxtil internacional trazem uma série de dificuldades para a empresa. A fábrica da Pedra encerrou suas atividades em 2017, tinha 420 funcionários. A indústria sertaneja funcionou por mais de um século como fábrica de linhas e indústria de tecidos e confecções. Com o falecimento do empresário Carlos Lyra coube ao seu genro Fernando Farias reestruturar os negócios do grupo empresarial. Após resolver todas as pendências com funcionários e fornecedores, o empresário alagoano volta-se para planejar o futuro das empresas.

Após o impacto do seu fechamento, o desafio posto ao empresário Fernando Lopes de Farias, era transformar a área localizada no centro da cidade de Delmiro Gouveia, edifícios e galpões em novos empreendimentos. Uma decisão importante foi a de preservar os edifícios que compunham a indústria têxtil, aproveitando-os para novos empreendimentos. Em seguida, realizar estudos de viabilidade e buscar parcerias. É criado então, a Vila da Pedra Empreendimentos Imobiliários, que após ter projeto aprovado firmou contrato com o Banco do Nordeste para a construção do Shopping da Vila, no município do Sertão de Alagoas. A obra iniciada com recursos próprios, será realizada em quatro fases, tendo a primeira previsão de ser inaugurada em julho deste ano. O aporte de R$ 5,7 milhões do BNB, garante o andamento das obras seguindo o cronograma previsto. Já na etapa de reformas o projeto do Shopping gera 50 empregos diretos.

Toda área pertencente a empresa (terrenos, galpões, museu e residências) estará sendo transformada em um ousado projeto de desenvolvimento econômico para o sertão, especialmente para o município de Delmiro Gouveia. O empreendimento Vila da Pedra incorporou todo o patrimônio, os terrenos e os edifícios da antiga fábrica da Pedra. Parte dos terrenos foram destinados para um loteamento em área privilegiada no centro da cidade. Os lotes estão sendo comercializados, tendo uma área para comércio e outra residencial.

Nova destinação para edifícios e galpões da antiga fábrica

Os galpões da antiga fábrica da Pedra terão nova utilização. Alguns foram alugados para terceiros. É o caso do galpão de 3.200 m², onde funcionaram a confecção de calças e posteriormente depósito de algodão e poliéster. Nesse espaço foi inaugurado o Supermercado MIX, que tem ainda uma área de 1.600 m² para estacionamento de carga e descarga. Esse foi o primeiro dos empreendimentos que compõem o complexo do Shopping da Vila a ser inaugurado, gerando 105 empregos diretos. A área onde funciona o agora MIX Supermercado foi totalmente revitalizada, inclusive o símbolo da fábrica e da cidade e a chaminé recebeu reforço estrutural, sendo um belo cartão postal da cidade.

O próximo empreendimento será a inauguração da Escola Santa Rita, que está sendo instalada em uma área de 1.100 m², em um dos três galpões onde funcionou a confecção de camisas, e posteriormente o setor de acabamento que era composto por alvejamento, tinturaria e estampa da fábrica. A escola manterá uma área destinada para a praça. Esse estabelecimento educacional gerará 45 empregos e tem perspectiva de atender 600 estudantes.

Já estão bastante avançadas as obras nos galpões onde funcionaram o almoxarifado e o galpão de estoque de peças e acessórios têxteis, para funcionar o DR Home Center, que será inaugurado em março. Esse na primeira fase funcionará em uma loja com 1.000 m². Será construído no local onde existiram os tanques de água um galpão com 4.000 m², também para atender o Home Center. De início são mais 30 empregos diretos.

Em andamento está o mais esperado empreendimento do empresário Fernando Lopes de Farias, o Shopping da Vila, primeiro estabelecimento de gênero na região. Funcionará no edifício mais antigo da fábrica da Pedra. O Shopping funcionará no prédio onde foi setor de encarretamento, embalagem e confecção de linhas, quando de seu funcionamento em 1914, e depois de sua reestruturação pelos irmãos Menezes, preparação para tecelagem, urdideira e engomadeiras indianas, em uma área de 6.600 m². Quando concluídas as etapas seguintes o Shopping utilizará os 8 galpões da fábrica no prédio principal, em um total de 14.000 m².

O projeto arquitetônico foi da arquiteta Humberta Farias e teve a consultoria histórica do Pesquisador Edvaldo Nascimento, estudioso da vida e obra de Delmiro Gouveia. A primeira etapa tem previsão para ser inaugurada em julho. No Shopping da Vila funcionarão agências bancárias, cinemas, lojas e praça de alimentação.

Assim, a área onde outrora funcionou a fábrica da Pedra com seus edifícios e terrenos vai sendo transformada em novos empreendimentos. Para o Assessor da diretoria do Vila da Pedra Empreendimentos Imobiliários, Jorge Luiz Cavalcanti, responsável direto pela condução do projeto, o Shopping vai gerar 250 empregos diretos. O sertão alagoano no início do século XIX foi palco de um ciclo de industrialização. Pouco mais de um século após, a região tem crescido significativamente, especialmente o município de Delmiro Gouveia, que transformou-se em polo educacional com um Campus da Universidade Federal de Alagoas, de serviços com diversos órgãos públicos que realizam atendimento à população da região, além de ser um dos principais roteiros turísticos do Estado. Com esses novos e importantes empreendimentos, além de gerar empregos e renda, manterá viva a história do seu fundador Delmiro Augusto da Cruz Gouveia. Aliás, o primeiro grande empreendimento de Delmiro foi o Mercado do Derby, fundado por ele no Recife, o primeiro Shopping Center do Brasil. Agora, o edifício onde funcionou por mais de um século uma indústria símbolo da industrialização na região do sertão sediará o primeiro empreendimento do gênero no sertão do São Francisco: um shopping center, que tem como nome: Shopping da Vila, em homenagem ao núcleo urbano fundado por Delmiro Gouveia. Sem dúvida alguma, Delmiro Gouveia, Vicente e Luiz Lacerda de Menezes, Ivan Botelho e Carlos Lyra são empreendedores que apostaram no sertão e acreditaram na sua gente. Agora, é o empresário Fernando Farias que aposta no projeto idealizado por Delmiro Gouveia, reestruturando para os tempos atuais, o desenvolvimento dessa região.



Compartilhe
comentários

Senado e Câmara escolhem hoje seus novos presidentes


Blog do JAL
Fonte: Agência Brasil

01/02/2021 08h28

Deputados e senadores se reúnem hoje (1°) para definir quem comandará as duas casas nos próximos dois anos. O Senado será a primeira casa a definir o novo presidente. Lá a eleição está marcada para começar as 14h. Já a Câmara começa a definir quem será o futuro presidente a partir das 19h. Por definição das mesas diretoras das duas casas, ambas as eleições serão presenciais. O voto também é secreto e apurado pelo sistema eletrônico.

Tanto na Câmara, quanto no Senado, os mandatos têm duração de dois anos, com possibilidade de reeleição.

No Senado, quatro parlamentares concorrem ao cargo. São eles: Simone Tebet (MDB-MS), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Major Olimpio (PSL-SP) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO). Novas candidaturas podem ser apresentadas até pouco antes do início da votação. A disputa, entretanto, está polarizada entre a senadora Simone Tebet e o senador Rodrigo Pacheco.

A reunião preparatória para a eleição está marcada para as 14h. Ela pode ser aberta com o quórum de 14 senadores, o equivalente a um sexto da composição do Senado. Mas a votação propriamente dita só começa com a presença da maioria absoluta da Casa, que é de 41 senadores.

Para ser eleito, o candidato precisará ter no mínimo a maioria absoluta dos votos, ou seja, pelo menos 41 dos 81 senadores.

Na ocasião serão eleitos ainda os demais membros da Mesa Diretora, também para um mandato de dois anos, mas a recondução é vedada. A Mesa é composta pelo presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e seus suplentes. Os votos para os cargos da Mesa só são apurados depois que for escolhido o presidente.

Cargo

O cargo de presidente do Senado é privativo de brasileiros natos e acumula a função de presidente do Congresso Nacional. Cabe ao presidente da Casa organizar a pauta de votações e também conduzir os processos de julgamento do presidente da República, vice-presidente, ministros do Supremo Tribunal Federal, membros do Conselho de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, procurador-geral da República e advogado-geral da União e, nos crimes conexos ao presidente e vice, ministros de Estado, comandantes das Forças Armadas.

Câmara

Visando diminuir as aglomerações e manter o distanciamento, a mesa decidiu que as urnas para a votação ficarão dispostas no plenário e nos salões Verde e Nobre, espaços que ficarão restritos aos parlamentares.

Até o momento, nove deputados concorrem ao cargo de presidente - dois por blocos partidários, dois de partidos e cinco candidaturas avulsas. Novas candidaturas podem ser apresentadas até pouco antes do início da votação.

A disputa, entretanto, está polarizada entre as candidaturas dos deputados Arthur Lira (PP-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP). Lira foi o primeiro parlamentar a se lançar na disputa. Já Rossi conta com o apoio do atual presidente da Casa.

Às 19h está previsto o início do processo de escolha do novo presidente. Pelo regimento da Câmara, para que um candidato seja eleito, ele precisa da maioria absoluta dos votos, ou seja, 257 dos 513 votos disponíveis.

Caso nenhum candidato alcance a maioria absoluta, será realizado um segundo turno, em que sairá vencedor o que obtiver maioria simples.

Presidência

O cargo de presidente da Câmara dos Deputados é reservado a brasileiros natos. Cabe ao presidente falar em nome da Casa legislativa. Quem ocupa o cargo também é responsável por ficar no segundo lugar na linha sucessória da Presidência da República, depois do vice-presidente. Integra ainda o Conselho de Defesa Nacional e o Conselho da República.

Cabe ao presidente da Casa organizar a pauta de votações, a chamada ordem do dia, em conjunto com o Colégio de Líderes, integrado pelas lideranças dos partidos políticos e bancadas da Casa.

Além disso, o presidente da Câmara dos Deputados tem a palavra final sobre pedidos de abertura de processo de impeachment ou instalação de comissões parlamentares de Inquérito (CPI’s).



Compartilhe
comentários

Tarcizo enfrenta dificuldades para eleger filho em Arapiraca


Blog do JAL
Fonte: Redação

12/10/2020 19h23

Tarcizo enfrenta dificuldades para eleger filho em Arapiraca

A candidatura de Túlio Freire a vereador por Arapiraca poderá se transformar num tiro no pé do seu pai, o deputado estadual Tarcizo Freire, que também está candidato a prefeito da capital do Agreste.

O clima de mal estar dentro do PP é generalizado, visto que Arthur Lira não queria candidato majoritário em Arapiraca, visto que apoia  a reeleição da prefeita Fabiana Pessoa.

Contra tudo e contra todos, Freire botou seu bloco na rua com um único objetivo, eleger o filho a Câmara de Vereadores.

Mas, segundo conversa de bastidores, a candidatura de Túlio Freire não vem ganhando liga e, se não for eleito, Tarcizo pode ter tomado uma das decisões mais erradas de sua trajetória política.

Deputado Tarcizo Freire solicita a realização de teste da Covid-19 em  atletas do futebol amador | Arapiraca NewsFoto: reprodução



Compartilhe
comentários

Diretório do MDB em Arapiraca oficializa novos membros


Blog do JAL
Fonte: TSE AL

28/09/2020 20h51

Diretório do MDB em Arapiraca oficializa novos membros

O novo presidente do diretório é Paulo Guilherme Barbosa Leão, tendo como vice seu pai, Severino Leão, ex-prefeito de Arapiraca. A presidência era ocupada por José de Macedo, afastado do diretório junto aos apoiadores da candidatura do ex-governador Luciano Barbosa a prefeito do município.

Além de Paulo e Severino, também fazem parte do diretório Jaquelane Ferreira da Silva como secretária-geral, Ramoney Marques Bezerra como tesoureiro e Ronaldo Cavalcante Silva como tesoureiro adjunto. Todos os membros possuem exercício até o dia 26 de dezembro desse ano.

Nesta segunda-feira, o TRE/AL dissolveu a mesa diretória do partido no município seguindo a decisão do MDB Estadual e Nacional. Dessa forma, o partido não tem nenhuma candidatura majoritária nem proporcional até o momento. 

O candidato Luciano Barbosa lançou-se contrariando as decisões do diretório, que indicou outro candidato. De acordo com o jornalista Wadson Regis, muitos acreditam que o vice-governador seja expulso do partido.

Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Pré-candidatos mantém registros mesmo com contas rejeitadas


Blog do JAL
Fonte: Coluna labafero

21/09/2020 16h44

Pré-candidatos mantém registros mesmo com contas rejeitadas pelo TCE/AL

Segundo a coluna labafero, mesmo enquadrados na Lei da Ficha Limpa, alguns gestores alagoanos registraram suas candidaturas para concorrer ao pleito municipal, no próximo dia 15 de novembro. Alguns tiveram contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas de Alagoas (TCE/AL), outros já foram condenados a devolver o dinheiro aos cofres públicos e a inexibilidade por mais de oito anos, como a pré-candidata em Passo do Camaragibe, Márcia Coutinho (MDB). 

A condenação de Márcia, em primeira instância, foi publicada no último dia 09 de setembro, quando ela foi condenada a devolver mais de R$ 300 mil aos cofres de Passo do Camaragibe. 

Confira a lista dos 35 gestores com contas rejeitadas pelo TCE/AL: 

Água Branca, José Rodrigues Gomes

Barra de Santo Antônio, Rogério Farias e Maria Cícera Mendonça Casado; 

Batalha, Ermane Pereira de Melo

Campestre, Gervásio de Oliveira Lins e Luciano Rufino da Silva; 

Cajueiro Antônio Palmery Melo Neto

Colônia Leopoldina Severiano José Freitas Souza e Manuilson Andrade Santos

Joaquim Gomes, Amara Cristina da Solidade; 

Ideral Arthur Emilio Bernardes Lins

Passo do Camaragibe Manoel João dos Santos Júnior

Pindoba, Maxwell Tenório Cavalcante;

Mar Vermelho, Juliana Lopes de Farias Almeida; 

Marechal Deodoro, Cristiano Matheus

Maravilha Márcio Fidelson Menezes Gomes

Maribondo Cleovan Florentino de Almeida

Monteirópolis, Mailson de Mendonça Lima; 

Mata Grande, Fernando José de Araújo Lou

Senador Rui Palmeira, Siloé de Oliveira Moura; 

Também foram notificados 

Jaramataia - José Alberto Barroso Barreto,

Piaçabuçu -  Djalma Guttemberg Siqueira Breda

Cacimbinhas - Roberto Ferreira Wanderley

Jacuípe-  Manoel Marques Júnior

Satuba - Cícero Ferreira da Silva

Canapi  - José Hermes de Lima

Paulo Jacinto  - Marcos Antônio de Almeida

São Luís do Quitunde- Cícero Cavalcante de Araújo,  

Santa Luzia do Norte-  João Pereira da Silva

Jacaré dos Homens  - José Ernesto Silva Júnior

Marcos Aurélio de Melo-  Câmara Municipal de Jacaré dos Homens; 

Antônio Guedes Cavalcanti Filho -  Câmara de Joaquim Gomes

Luiz Adolfo Beiriz Verçosa - Câmara de São Miguel dos Milagres; 

Cícero José da Silva-  Câmara de Porto Calvo;

Mário César Pereira da Silva -  Câmara de Batalha.

Regime jurídico das inelegibilidades - Flávio Braga



Compartilhe
comentários

Maceió: Vice de Valéria Correia é anunciado


Blog do JAL
Fonte: Coluna Labafero

18/09/2020 16h20

Maceió: Vice de Valéria Correia é anunciado

Segundo a coluna labafero, nesta sexta-feira (18), foi oficializado o nome do vice da Valéria Correia que é candidata a prefeita de Maceió. O Partido Socialismo e Liberdade (Psol) anunciou o líder comunitário Igor da Silva como candidato a vice-prefeito.

"Estou com Valéria nesta batalha para da representatividade a população da periferia de maceió, aos negros e aos grupos minoritários que nem sempre tem a oportunidade de serem ouvidos. Nossa missão é fazer um mandato coletivo, junto com a população", disse Igor.

Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Gerente do Data Sensus é secretario de deputado Alagoano


Blog do JAL
Fonte: Coluna labafero

14/09/2020 17h09

Gerente do Data Sensus é secretario de deputado Alagoano

Nesta segunda-feira (14), o Data Sensus lançou uma pesquisa registrada para as eleições em Maceió. Que mostra JHC (PSB/AL) e Gaspar em empate técnico, pelo cargo de prefeito na capital.

O curioso é que o gerente do instituto de pesquisa citado acima, é um servidor comissionado do Deputado Davi Maia (DEM/AL). Essas informações podem ser confirmadas no portal da transparência, junto com a sua renda mensal. Segundo as regras para ocupação dos cargos, não existe impedimento para Eugênio Albuquerque assumir as funções. 

Davi Maia já declarou seu apoio a o pre-candidato JHC, o que levou a questionamentos da imparcialidade do gerente. Além de uma recente pesquisa elaborada, pelo Data Sensus, em matriz do Camaragibe estar sendo alvo de suspeita de fralde pelo instituto. Essas condições levaram alguns eleitores a questionar os resultados.

O Data Sensus, instituto de pesquisa tem registro em União dos Palmares, interior de Alagoas.

Acusação 

Em junho, o Data Sensus foi acusado de manipular uma pesquisa eleitoral em Matriz do Camaragibe. O PSC (Partido Social Cristão) e o Instituto TDL Pesquisa e Marketing entraram com uma ação na justiça, questionando o método de avaliação do instituto.



Compartilhe
comentários

Lessa confirma que será vice de JHC, segundo jornalista


Blog do JAL
Fonte: Blog Ricardo Mota

09/09/2020 18h15

Lessa confirma que será vice de JHC, segundo jornalista

Na tarde desta quarta-feita (9), o jornalista Ricardo Mota publicou em seu blog que Ronaldo Lessa confirmou que será o vice de JHC. A chapa vai entrar na disputa para a prefeitura de Maceió.

Lessa disse que “o acordo em Maceió foi selado. Como JHC era o nome do PSB com melhor perspectiva de eleição em todo o país, cabe a ele, naturalmente, a cabeça de chapa. Vamos somar para que mais à frente possamos fazer Alagoas avançar, juntamente com todo o Brasil”, escreveu Ricardo na matéria.

O anúncio da coligação majoritária já era aguarda há mais de dez dias – e só agora confirmada.

Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Prefeito de Capela promove evento com aglomeração; Veja vídeo


Blog do JAL
Fonte: Gazeta Web

03/09/2020 16h44

Prefeito de Capela promove evento com aglomeração; Veja vídeo

Segundo publicações em suas redes sociais, o evento promovido pelo atual prefeito de Capela e pré-candidato à reeleição, Adelminho Calheiros (MDB/ AL), na noite dessa terça-feira (1º), mostra muita gente aglomerada, sem respeitar o distanciamento social, em um pequeno espaço. O "Fala Jovem", ao que parece, desrespeita as recomendações de saúde e do governador Renan Filho, do mesmo partido de Adelminho, que já recomendou aos eleitores que "não votem em candidato que aglomera pessoas".

Assessoria do prefeito se pronunciou sobre o acontecido, disse que não se esperava tantos jovens para o evento e que todas as medidas de seguranças foram tomadas.

Adelminho Calheiros desrespeita recomendação e promove event



Compartilhe
comentários

Marx Beltrão deve apoiar a candidatura de JHC em Maceió, diz jornalista


Blog do JAL
Fonte: Blog Ricardo Mota

01/09/2020 16h37

Marx Beltrão deve apoiar a candidatura de JHC em Maceió, diz jornalista

Segundo a publicação do jornalista Ricardo mota em seu blog, nesta terça-feira (01), a possibilidade do PSD de Marx Beltrão apoiar à candidatura do deputado JHC a prefeitura de Maceió, aumentou significantemente por causa do “rompimento” da família Beltrão em Coruripe.

O pré-candidato, Alfredo Gaspar parece não ter sido visto como uma opção para receber o apoio de Marx.

“Com quem ficará o PSD de Marx Beltrão nas eleições de Maceió?”, escreveu Ricardo.

As suposições não vão durar muito tempo, as convenções partidárias já estão começando a ser realizadas. Todas as apostas terão o resultado revelado.

Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Ronaldo Lessa tem 4 possíveis candidatos a vice, diz jornalista


Blog do JAL
Fonte: Blog Ricardo Mota

28/08/2020 18h53

O jornalista Ricardo Mota publicou, em seu blog no TNH1, que o pre-candidato a prefeito de Maceió Ronaldo Lessa tem 4 nomes pra escolher como vice em sua chapa. Os candidatos são: Cícero Almeida, GG Sampaio, Heloísa Helena e Valéria Correia   

Segundo a publicação, Ronaldo esta conversando com todos, mas não fechou parceria com ninguém. Apesar dele não ser o mais popular entre os candidatos a prefeitura de Maceió, parece que ele foi escolhido para as especulações sobre alianças.Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Partido Avante pode lançar Radialista para a Prefeitura de Pilar


Blog do JAL
Fonte: Assessoria

24/08/2020 15h56

Partido Avante pode lançar Radialista para a Prefeitura de Pilar 

A corrida para as eleições municipais de 2020, esta cada vez mais acirrada. Durante o mês de agosto as reviravoltas estão cada vez mais frequentes. E chegou a vez do Município do Pilar, o AVANTE deverá lançar o Radialista, Jamaica, conhecido como "Jujuzita". 

Segundo informações de um Radialista do Pilar, o pré-candidato Douglas Barros, presidente do AVANTE em Pilar desistiu de pleitar o atual Prefeito Renato Filho. 

Com isso há uma grande chance de "Jujuzita", disputa a prefeitura do Pilar. 

Em tempo, o ex-prefeito Carlos Alberto Canuto, também desistiu de disputar a Prefeitura do Pilar após a morte de seu ex-Assessor Geraldo Cavalcante. 

A Cidade do Pilar no momento não tem uma oposição oficial.

Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários

Deputado que contraiu covid-19 faz visitas sem mascara em cidade do interior


Blog do JAL
Fonte: Coluna labafero

19/08/2020 17h34

Deputado que contraiu covid-19 faz visitas sem mascara em cidade do interior

Segundo a coluna labafero, O pré-candidato a prefeito de Lagoa da Canoa, o deputado estadual Jairzinho Lira (PRTB/AL), foi flagrado em registros fotográficos, durante visita a eleitores do município, sem máscaras e desrespeitando o distanciamento social. 

Em maio, Jairzinho anunciou nas redes sociais que estava com Covid-19. E o mais irônico, o deputado ocupa uma cadeira na Assembléia Legislativa de Alagoas (ALE), que está para votar nos próximos dias o Projeto de Lei (PL) que torna obrigatório o uso do equipamento de proteção individual (EPI) no estado.
 
Deputado postou, em seu Instagram, as fotos da reunião e colocou como legenda" Ouvindo o povo podemos fazer mais e melhor".

Link da postagem no Instagram: https://www.instagram.com/p/CEBaGV0nKst/



Compartilhe
comentários

Deputado é deixado de fora da disputa eleitoral em Arapiraca


Blog do JAL
Fonte: Coluna Labafero - Cada Minuto

18/08/2020 16h48

Deputado é deixado de fora da disputa eleitoral em Arapiraca

Segundo a coluna labafero, o deputado estadual Tarcizo Freire (Progressistas) tentou dialogar com o partido MDB de Arapiraca para concorrer como vice-prefeito.  Mais foi ingnorado, nenhum dos dois pré-candidatos a prefeito, Ricardo Nezinho e Luciano Barbosa atendeu as ligações ou respondeu as mensagens do parlamentar.

O deputado chegou a comentar com pessoas mais próximas que será candidato a prefeito, mas terá que esperar até o ultimo minuto pela posição politica do deputado federal Arthur Lira, que pode fechar com Fabiana Pessoa (candidata a reeleição) ou com Luciano Barbosa, se ele for o candidato do MDB, escreveu o colunista.

Mais três Indicações do deputado Tarcizo Freire foram aprovadas ...Foto: Reprodução



Compartilhe
comentários