Esporte

Projeto do CT trava na Câmara Municipal de Rio Largo e CSA pode buscar outro local


Fonte: Globo Esporte/AL

25/06/2020 10h30

A futura casa do CSA pode não ser mais Rio Largo. Depois do anúncio do clube de que a cidade receberia o Azulão, o projeto foi encaminhado para a Câmara Municipal, mas ainda não foi apreciado pelos vereadores.

O presidente do CSA, Rafael Tenório, comentou a dificuldade para aprovação do projeto de lei.

"Ainda estamos buscando essa área, em contato com o gestor municipal, mas não depende só dele. Tem outras situações, a máquina pública é muito lenta. O prefeito mandou o projeto de lei para a Câmara já faz quase 45 dias. E não foi votado. A gente precisa tomar uma decisão e vamos tomar uma decisão para resolver isso aí."

Tenório disse que a construção do novo CT do clube é uma das metas até o término do mandato da atual diretoria, previsto para o fim de 2021.

"Nós temos pressa. Essa diretoria só tem um ano e seis meses de mandato, então temos que agilizar. Vamos tomar a decisão porque temos que correr contra o tempo. Eu vou terminar o meu mandato e preciso construir o CT para deixar o clube extremamente organizado, com CT, se possível na Série A ou, no mínimo, a permanência na B... A gente precisa fazer o CT."

Com a saída do Mutange, por conta das rachaduras que apareceram no bairro, o CSA precisou buscar um novo local para sediar o clube.

Enquanto define a localidade e constrói o futuro Centro de Treinamento, o Azulão alugou o CT Nelson Peixoto Feijó, o Nelsão, na Via Expressa.

O contrato inicial para uso do Nelsão é de dois anos e os custos estão sendo pagos pela Braskem, mineradora responsável pelos problemas que afetaram quatro bairros da capital alagoana (além do Mutange, Pinheiro, Bebedouro e Bom Parto).



Compartilhe