Esporte

CSA e 4 de Julho empatam durante partida desse sábado (03)


Redação
Fonte: GE - AL

04/04/2021 10h04

CSA e 4 de Julho fizeram uma partida com muitas chances nesse sábado (03), pela 6ª da Copa do Nordeste. Com dois gols em cada tempo e bolas na trave, os times empataram por 2 a 2 no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Cinelton e Dudu marcaram para o time piauiense. Dellatorre, de pênalti, e Marco Túlio balançaram a rede para os donos da casa.

O CSA está na vice-liderança do Grupo B da Copa do Nordeste, com 10 pontos. Precisa ficar de olho no desfecho da 6ª rodada para saber se mantém a posição. O 4 de Julho é o sétimo na chave A, agora com seis pontos

1º tempo 

O 4 de Julho surpreendeu o CSA no início da partida. Adiantou a marcação, apertou e complicou a saída de bola do time alagoano, que entrou em campo com quatro atacantes. O time piauiense segurou o ímpeto inicial, ameaçou com Dudu e abriu o placar aos 17, com Cinelton. Ele recebeu de Hiltinho fora da área e acertou um chute improvável, no ângulo.

O CSA sentiu a pancada, mas aos poucos foi avançando as peças. Assustou com Marco Túlio e, aos 34, acertou o travessão do 4 de Julho, numa finalização sem ângulo de Norberto. O goleiro Jailson errou também no lance, mas deu sorte. Depois, o CSA quase empatou em chances claras de Yuri e Pimpão. O gol do Azulão saiu, enfim, aos 44 minutos. Marco Túlio foi derrubado na área por Índio, e Dellatorre converteu o pênalti.

2º tempo

O CSA virou o jogo logo aos três minutos. Vitor Costa cruzou da esquerda, Dellatorre e Iury não acharam na pequena área e a defesa cortou parcialmente. Na sobra, Marco Túlio acertou um chute colocado, no cantinho, para marcar o segundo. Aos nove minutos, o zagueiro Rodolfo Filemon estava com a bola dominada no campo de defesa e tentou passar por Hiltinho. O meia do 4 de Julho roubou, disparou pela direita e tocou para Dudu empatar a partida.

Aos 33, o estreante Aylon experimentou da entrada da área e quase marcou o terceiro do CSA: Jailson fez uma grande defesa.Três minutos depois, Silvinho cruzou da esquerda e Ítalo cabeceou colocado, tirando do goleiro. Saiu por muito pouco. Aos 41, Bruno Mota ainda cabeceou no travessão do 4 de Julho e, na sequência, Ítalo parou numa defesa arrojada de Jailson.

 



Compartilhe