Esporte

CRB perde contra o Murici em partida desse domingo


Redação
Fonte: Gazeta Web

26/04/2021 07h21

Em jogo atrasado da 4ª rodada do Campeonato Alagoano, o CRB tropeçou e conheceu a sua primeira derrota no Estadual, ao cair para o Murici, por 1 a 0, jogando um futebol muito aquém das expectativas dos seus torcedores. O duelo foi disputado na tarde desse domingo (25), no Estádio José Gomes da Costa, em Murici. O gol dos donos da casa foi de Danilo Oliveira, no início da partida.

Apesar do resultado adverso, o Galo segue na liderança do Estadual, com 13 pontos na tabela. Mas chegou a três jogos sem vencer: foi uma derrota para o Bahia (Nordestão), empate com o CSE (Estadual) e a derrota deste domingo. Quanto ao Verdão, saltou três andares na classificação: do sexto lugar foi para o terceiro, com 11 pontos. 

Com folga na tabela, durante esta semana, o CRB voltará a campo apenas no dia 1º de maio (próximo sábado), para o Clássico das Multidões, contra o arquirrival CSA, às 17 horas, no Rei Pelé, pela 8ª rodada. E o Murici volta a jogar no dia 29 (quinta-feira), às 16 horas, contra o CSE, no Juca Sampaio, também encerrando a 8ª rodada.

1º Tempo

O jogo mal começou e o Murici fez logo um gol. Foi para cima do CRB e, aos 3 minutos de bola rolando, abriu o marcador, quando Rodrigo cruzou a bola, ela atravessou a área do Alvirrubro e Danilo Oliveira, sozinho, só fez mandar para o fundo do gol: 1 a 0. Um minuto depois, o CRB tentou responder na velocidade, mas Rodrigo Dias estava atento para tirar a bola dali e não dar chance ao Galo, que tentava sair, mas o Verdão passou a se fechar.

Aos 14 minutos, o CRB conseguiu, finalmente, fazer uma boa trama e invadir a área. Hyuri recebeu cara a cara, mas a zaga do Murici desarmou na hora H e a bola se perdeu pela linha de findo, em escanteio para o time regatiano, que foi cobrado por Diego Torres e deu em nada. Essa foi a úncia chegada boa do CRB, até esse momento, enquanto o Murici mostrava ter mais presença de campo e tocava mais a bola.

Aos 22 minutos, Jiménez foi atingido com pé alto e o árbitro marcou falta em favor do CRB. Diego Torres cobrou, mas mandou à direita do gol de Rodrigo Dias. O embate chegava aos 25 minutos e o Galo tinha muitas dificuldades para assustar o Murici, pois a defesa alviverde conseguia cortar de maneira limpa e segura todos os lances. Mas o jogo era mais equilibrado.

Aos 28 minutos, Reinaldo Alagoano ganhou a bola de Carlos Jatobá, no meio-campo, e foi agarrado pelo volante do CRB, resultando em falta para o Murici, que ao ser cobrada não deu em nada. O Galo seguia tentando, Diego Torres procurava espaços mas o time não infiltrava na defesa muriciense e não conseguia finalizar.

A partida se aproximava dos 40 minutos e o placar não se alterou. Aos 39 minutos, o Murici teve a chance de fazer o segundo gol, quando Mucuri recebeu livre do lado direito e tentou o cruzamento, mas a bola passa por todo mundo na grande área e ficou com o Galo. Chance desperdiçada pelo time da casa.

Nos últimos movimentos de bola no primeiro tempo, o Galo tinha a posse de bola, mas não conseguia passar pela retranca do Verdão, não fez o suficiente para chegar ao menos ao gol da igualdade. O árbitro determinou dois minutos de acréscimos e a etapa inicial foi encerrada aos 47 minutos, sem alteração no placar: 1 a 0 para o Murici.

2º Tempo

Na primeira tentativa de Luidy, que entrou na segunda etapa, ele foi acionado, após um erro do Murici, tentou o cruzamento rasteiro, mas Tadeu cortou a bola. Aos 3 minutos, de novo Luidy foi acionado na esquerda do ataque do CRB, mas a assistente Ana Paula marcou posição de impedimento. Aos 5 minutos, Jiménez cobrou a falta para Reginaldo, em jogada ensaiada, mas o lateral cruzou completamente torto, para fora.

Passados 10 minutos de bola rolando, o CRB continuava tendo dificuldade na partida, não mudou em relação ao que foi a primeira etapa. O time alvirrubro, em busca do gol, ia todo ao ataque, enquanto Murici se postava no campo de defesa, para não dar espaços ao adversário.

Aproximando-se dos 25 minutos, podia-se ver que o jogo começou a ficar muito faltoso, principalmente com faltas bobas de ataques. Nenhuma das duas equipes teve uma grande chance ou obrigou os goleiros a trabalharem duro nesta segunda etapa. O jogo era chato. Aos 29 minutos, Luca Caio, do CRB, pegou o rebote, após cruzamento de Diego Torres, e tentou de primeira, mas a bola subiu demais. Outra chance perdida pelo Galo.

Aos 36 minutos, o time regatiano, que passou a pressionar, teve outra boa oportunidade. Diego Torres recebeu a pelota pelo lado esquerdo e bateu direto, obrigando o goleiro alviverde a fazer uma grande defesa e Uesles a cortar para escanteio.

O duelo chegava aos 40 minutos e o CRB seguia tentando o seu gol de empate. Aos 42 minutos, em boa jogada, o Verdão tentou achar espaço, mas a bola foi muito forte do lado direito. O árbitro decretou cinco minutos de acréscimos a esta segunda etapa. Aos 44 minutos, Luidy levantou na pequena área do Alviverde, Rodrigo Dias foi no alto, tirou de soco, mas o árbitro Chicão marcou a falta de ataque do Galo.

No finalzinho o jogo ficou dramático: o Murici se segurava, segurava o CRB e a vitória. E conseguiu até o apito final do árbitro, aos 50 minutos, com o placar do primeiro tempo inalterado: Murici 1 a 0 sobre o CRB.



Compartilhe