Geral

Com venda residencial estável, aluguel registra alta de 13,27% em Maceió


Fonte: Assessoria

14/01/2020 17h25

Em 2019, o preço médio dos imóveis residenciais parou de cair em todo o Brasil. Maceió teve variação de preço dos imóveis para venda de 0,54% ao longo do ano na comparação com o mesmo período anterior segundo dados de pesquisa do índice FipeZap, que analisou 16 capitais brasileiras. Embora o momento seja visto por especialistas como estável para a venda residencial, o aluguel chama a atenção na região.

"Em Maceió, depois de um período de grande declive, o mercado está voltando à sua normalidade. Em compra e venda observamos estabilidade sem indicativo de alta no momento, mas o aluguel vem dando sinais positivos desde o segundo semestre de 2018", diz Léo Felipe Cortez, gerente de locação da Apsa em Maceió.

No ano passado, a empresa registrou aumento de 13,27% no total de imóveis para aluguel residencial na cidade em relação aos 12 meses anteriores. Diante deste cenário, o executivo acredita que o ano será ainda mais positivo.

"Estamos bem seguros em relação a 2020. As pessoas estão mais confiantes, o que movimenta o mercado positivamente. Os indicadores de nosso serviço de inteligencia imobiliária indicam crescimento médio de 15% no número de imóveis alugados por mês entre 2018 e 2019 e estamos investindo para alugar cada vez mais e com mais agilidade projetando que esse número chegue a 30% na comparação com o do ano passado", afirma o gerente.

Os bairros de Ponta Verde, Pajuçara e Jatiúca são os mais procurados para aluguel residencial. "Sendo os bairros considerados os mais nobres da cidade, a escolha pelas regiões reforça a confiança do consumidor no aluguel", destaca Léo.



Compartilhe