Geral

Transporte complementar: retorno será na quarta-feira (29), diz governador


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

27/07/2020 23h20

O retorno do transporte complementar intermunicipal previsto para esta terça-feira, 28, como havia sido anunciado pelo presidente do Sindicato dos Transportadores Complementares de Passageiros de Alagoas (Sintrancomp/ AL), Maércio Ferreira, não foi confirmado até a noite desta segunda-feira .Segundo informação oficial não existe previsão par ao retorno do serviço. 

A publicação do decreto autorizando a volta do transporte complementar sairá no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira, o que vai levar ao adiamento do retorno para a quarta-feira (29). Após reunião com o governador Renan Filho (MDB), na sexta-feira à noite (24), Maércio Ferreira anunciou o a volta do serviço, com 50% da frota em todo o Estado a partir de terça (28).

O decreto deve proibir ainda a circulação de passageiros em pé e determinar medidas de distanciamento social, uso de máscaras e higienização para o setor.

O governador Renan Filho confirmou ao Jornal de Alagoasa publicação do decreto, autorizando o retorno do transporte complementar. "O decreto será publicado amanhã (terça) e ele autoriza o transporte a partir de quarta", disse por aplicativo nesta segunda-feira á noite. 

Na reunião com Sintrancomp/ AL, ficou estabelecido o retorno de 50% frota, mas os veículos poderão rodar com 100% da capacidade, desde que todos passageiros estejam sentados. "Fizemos uma avaliação com base na evoução epidemiológica e decidimos autorizar inicialmente o retorno de 50%", disse o governador.

O retorno

Renan Filho destacou, durante o encontro, que o transporte complementar é ums etor muito importante para Alagoas e que deu uma contribuição significativa no enfrentamento da pandemia. "O governo tem atuado junto com a Arsal para minimizar as perdas dos transportadores. Somos gratos pela contribuição que deram ao Estado e vamos atuar juntos para que esse retorno seja feito de forma segura, para que não so seja mantido, mas que também possa avançar gradualmente, até atingir 100%",a firmou.

O presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal), Ronaldo Medeiros, explica que todos os veículos terão que seguir regras específicas. A Arsal preparou protocolos sanitários específicos para a operação desse serviço, que inclui além do uso de máscaras, álcool gel, limite máximo de passageiros por veículos, um sistema de desinfecção dos carros – com a pulverização de produtos capazes de matar o novo coronavírus.

A agência, segundo Medeiros, também fez a testagem de todos trabalhadores do transporte complementar, para assegurar que eles não contribuirão para transmissão da Covid-19. O setor de transporte complementar tem cerca de 4 mil trabalhadores em Alagoas.

De acordo com o Sintrancomp/ AL, na reunião, ficou acertado que 50% da frota do transporte complementar intermunicipal estará liberada para retornar as atividades, com 100% da capacidade.

“Estive com o governador, agora a noite, e ele informou que será publicado um novo decreto e, neste decreto, será contemplado a retomada dos trabalhos do transporte complementar intermunicipal. Essa é uma notícia boa para nossa categoria. Quero agradecer a Deus e a todos vocês que tiveram paciência e estão juntos com o sindicato", disse Ferreira em vídeo que circula nas redes sociais .

Saiba mais: Transporte complementar volta a operar na terça-feira em AL

 

Transporte Complementar - Foto: Agência Alagoas
Renan Filho durante reunião com diretores do Sintrancomp/ AL - Foto: cortesia


Compartilhe