Geral

Alagoas registra o menor número de mortes pela covid-19


Joyce Andrea (Estagiária)*
Fonte: Jornal de Alagoas/sob supervisão

24/09/2020 15h15

O Estado de Alagoas registrou o menor número de mortes dentro de uma semana epidemiológica , que é a contagem que o governo tem utilizado para monitorar os casos confirmados da covid-19 e óbitos. No total foram 6 óbitos dentro da 37a semana, além disso a taxa de ocupação de eleitos permanece em queda, registando a marca de 17% no total de leitos destinados exclusivamente ao tratamento do conoravírus, em todo o Estado.

Alagoas está na 38a semana epidemiológica e na 25a semana com casos da covid-19 , dentro dessa realidade, ainda tem municípios que não registraram nenhum óbito causado pela doença, são eles; Igaci, Minador do Negrão, Monteirópolis, Pariconha e São Brás, todos com menos de 300 casos confirmados de infecção.

O trabalho do governo estadual no combate ao coronavírus tem se destacado na imprensa nacional, pela constante queda no número de óbitos e alta taxa de recuperação de pessoas infectadas em Alagoas. São 82.283 pacientes recuperados, num total de 85.559 casos confirmados. Segundo Alexandre Ayres, secretário da Saúde de Alagoas, a repercussão na mídia é “resultado de um árduo trabalho e estratégias assertivas do governo”.

Novo decreto

Sob recomendações de seus secretários e equipe, na noite dessa quarta feira (23) através de uma coletiva de imprensa, transmitida por meio de live nas redes sociais, o governador Renan Filho declarou que todo o Estado de Alagoas passará para a fase azul de risco de contágio, com base na Matriz de Riscos. A capital Maceió permanece na fase azul, somente os demais municípios avançam, e saem da fase amarela.

Quando perguntado na coletiva, sobre o que basicamente irá mudar no cenário atual, Renan Filho respondeu, “Tudo o que está funcionando na capital passa a funcionar no interior”. O novo decreto dentro do Plano de Distanciamento Social Controlado permite o funcionamento de;

- Bares e restaurantes com 75% da capacidade e horário de atendimento até às 2h da manhã;

- Os templos, igrejas, demais instituições religiosas e o Transporte Intermunicipal passam a funcionar com 75% da capacidade;

- Shoppings e galerias permanecem com o horário das 10h às 22h;

- Lojas de centro da cidade ficam abertas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Já no sábado, o funcionamento é das 9h às 14h;

- As academias e clubes seguem funcionando com 50% da capacidade.

Fase Verde

Após dois decretos sem avanço de fase, havia uma expectativa sobre a capital passar para a fase Verde, que permite o funcionamento de todos os setores da economia de forma integral; aulas presenciais na rede pública e privada de ensino; serviços públicos de forma presencial; e eventos sociais.

Porém, apesar do avanço do Estado, Maceió segue sem atender às necessidades para a mudança de fase. Entretanto, na última coletiva o governador destacou que deve permitir novas flexibilizações no município, ainda dentro da fase Azul.

Segundo Renan Filho, até a sexta feira (25) será discutido a retomada de eventos com menor impacto; como casamentos e festas de aniversário, com um número limitado de pessoas e distanciamento entre mesas.

"Precisamos seguir com segurança e serenidade avançando. Até o final de setembro vamos apresentar também a retomada da educação" - destacou.

Fábio Farias, secretário do Gabinete Civil declarou na coletiva, que tem se reunido com instituições particulares e acolhido diversos planos de retomada do ensino presencial. Porém a situação da educação pública e privada no Estado ainda passa por análise de risco, sem uma data determinada para o retorno das atividades, o secretário apenas assegurou que será um trabalho gradual e cuidadoso.

Fonte: CIEVS/AL dados em 23/9/2020
Fonte: CIEVS/AL dados em 23/9/2020
Renan Filho em coletiva | Foto: Reprodução
Fonte:CIEVS/AL dados em 23/9/2020
Fonte: CIEVS/AL dados em 23/9/2020
Fonte: CIEVS/AL dados em 23/9/2020


Compartilhe