Geral

Gol indeniza passageira por transtornos com remarcação de voo em AL


Fonte: Ascom TJ/AL

28/09/2020 15h31

Após uma decisão do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), a Gol Linhas Aéreas S/A irá indenizar passageira que teve transtornos com remarcação de sua viagem de Maceió, para Miami.. O valor dos danos morais foi fixado em R$ 4.000,00. A decisão é da juíza Maria Verônica Correia, do 1º Juizado Especial Cível da Capital.

De acordo com os autos, a consumidora adquiriu passagem aérea com embarque na capital no dia 14 de março de 2019, às 6h, com a previsão para chegar à Miami, nos Estados Unidos, às 16h25.

Dois dias antes da data prevista, no entanto, a mulher foi surpreendida com a remarcação de seu voo, que passou a ter embarque às 17h35, com chegada a Miami apenas no dia 15 de março, havendo a necessidade de pernoitar em Brasília (DF).

A passageira ingressou com ação na Justiça alegando ter sofrido transtornos com a perda de um dia de hospedagem e de carro locado. Afirmou ainda que precisou readequar os passeios que seriam realizados durante a viagem em virtude do atraso.

A Gol confirmou a remarcação e disse que ela se deu em virtude da suspensão das atividades das aeronaves Boeing 737 Max 8. Sustentou ter havido prévia comunicação em seu site acerca da situação e afirmou ter prestado assistência material à usuária. 

Segundo a juíza Maria Verônica Correia, a empresa não demonstrou ter comunicado previamente acerca da remarcação do voo, não bastando a alegação de que as informações estavam disponíveis em seu site. "Tem razão a demandante em sua pretensão, vez que se encontram presentes todos os pressupostos da responsabilidade civil, porquanto o dano impetrado não pode ser considerado mero aborrecimento cotidiano, de modo que a demandante faz jus à reparação que pleiteia, a título de dano moral", destacou a magistrada.



Compartilhe