Geral

Bebedouro: Moradores fecham via contra a falta de água


Fonte: 7 segundos

27/10/2020 09h19

Moradores do bairro de Bebedouro, em Maceió, fecharam a avenida Doutor Oswaldo Cruz, na manhã desta terça-feira (27). A população afirma que o abastecimento não está acontecendo na região desde a última sexta-feira (23). 

Com a paralisação do trânsito, uma equipe da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) estiveram no local para controlar o trânsito e liberar a pista, respectivamente.

Em nota, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) afirmou que precisou realizar a substituição de uma bomba de abastecimento da região após um vazamento no sistema que estaria diminuindo a pressão da rede. 

Ainda segundo a Casal, o problema deve ser resolvido ainda nesta terça-feira (27) por equipes de manutenção e o abastecimento será retomado gradativamente, ou seja, algumas ruas recebem água na tarde de hoje, outras durante a noite e em 24 horas o fornecimento estará totalmente recuperado. 

Após receber as informações, a população liberou as duas vias da avenida.

Nota:

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que já trabalha na resolução do desabastecimento de Chã de Bebedouro. Para isso, ainda nesta segunda-feira (26) efetuou a substituição de uma bomba no reservatório R-8 e as equipes estavam em campo, nos últimos dias, em busca de algum vazamento não visível que estaria diminuindo a pressão da rede.

Esse vazamento foi encontrado no final da tarde de ontem, com a água de uma rede de 300 milímetros de diâmetro caindo dentro de uma galeria de águas pluviais, ou seja, sem nenhum sinal aparente na superfície, o que tornou a procura ainda mais complicada.

Na manhã desta terça-feira (27), a equipe de manutenção já está a caminho do local, situado em Chã de Bebedouro, para efetuar o conserto da rede rompida. Após o fim do serviço, o abastecimento será retomado gradativamente, ou seja, algumas ruas recebem água na tarde de hoje, outras durante a noite e em 24 horas o fornecimento estará totalmente recuperado.



Compartilhe