Municípios

Com poucos dias para uma possível flexibilização, Maceió tem 91% de ocupação em UTIs


Fonte: Cada Minuto

28/06/2020 11h30

A menos de três dias de uma possível flexibilização das medidas de isolamento social, as vagas destinadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do estado estão com 84% de ocupação. Em Maceió esse número sobe para 91%.

De acordo com os dados do último relatório divulgado nesse sábado (27), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) que mostra a ocupação nos hospitais da rede pública e contratualizada, o total de leitos de UTI na capital e no interior é de 252. Em Maceió, dos 165 leitos disponíveis, 150 estão ocupados, o que representa 91% de sua totalidade. No interior há 87 vagas, das quais 62 estão com pacientes, representando uma ocupação de 71% de sua totalidade.

As internações nas UTIs, observando cada unidade de saúde na capital, de acordo com os últimos números, mostram que no Hospital da Mulher há 87% de ocupação dos leitos de UTI adulta e 60% de ocupação na UTI pediátrica. O Hospital Metropolitano está com 97% de ocupação na UTI adulta e no Hospital Veredas a ocupação da UTI está em 83%.

Os números também não são melhores no Hospital Universitário que tem uma taxa de ocupação na UTI adulta de 93%. No Hospital Sanatório o número é de 80% e no Hospital Vida é de 100%.

Na Santa Casa o número de ocupação chega a 110% e o Hospital Escola Helvio Auto apresenta uma taxa de 300% de ocupação de sua UTI adulta.

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado de ontem (27), mais 657 casos de Covid-19 foram confirmados em Alagoas, e dessa forma, o estado tem um total de 33.521 casos confirmados do novo coronavírus. Sobre o número de óbitos foram registradas mais 18 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 993 óbitos por Covid-19.

Das 18 vítimas, nove eram de Maceió e as outras nove moravam no interior do estado.



Compartilhe