Municípios

Município alagoano tem 300% menos mortes por Covid-19 do que o restante do Estado


Fonte: Assessoria

10/07/2020 16h00

A cidade de Penedo, no estado do Alagoas, alcançou resultados positivos no combate ao novo coronavírus. Segundo dados das secretarias estaduais de saúde, divulgados em 30 de junho, Penedo tem 1,14 morte para cada 20 mil habitantes, contra 6,14 mortes a cada 20 mil habitantes em Alagoas.

Em Arapiraca, que fica a 72,3 km de Penedo, o número de mortes foi de 8,15 para cada 20 mil habitantes. Os números registrados em Penedo também estão abaixo dos registrados em cidades de outras regiões, como Curitiba, no Sul, que registrou 1,52 morte para cada 20 mil habitantes.

Penedo teve cerca de 531% menos mortes por Covid-19 do que o Nordeste e 300% menos do que os demais municípios de Alagoas.

Com 63 mil habitantes, a cidade registrou apenas quatro óbitos pela Covid-19 até julho. No estado de Alagoas, que soma 3,3 milhões de habitantes, foram registradas 650 mortes e, em todo o Nordeste (56,8 milhões de habitantes), foram 19.585 mortes, segundo dados oficiais.

De acordo com o prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, os resultados foram possíveis graças a um programa de saúde que tem como foco pacientes portadores de doenças crônicas. "As pessoas mais afetadas pela pandemia da Covid-19 são, justamente, as que possuem doenças crônicas. Desde agosto de 2018, por meio da Lei de Inovação, criamos uma parceria público-privada, a empresa PGS Medical, que desenvolveu um software de gestão de cuidado inteligente de pacientes crônicos. Por meio deste programa, estamos cuidando desses pacientes e da melhora de suas imunidades", explica.

Ele conta que o software alerta os técnicos em saúde sobre a data de retorno e avaliações que devem ser feitas em cada paciente, como rotina, medicamentos, alimentação e quadro clínico.

Dados

Um estudo recente da OMS (Organização Mundial da Saúde) (http://www.who.int/ncds/management/time-to-deliver/en/) comprova que 71% das mortes no mundo ocorrem por doenças crônicas. Os doentes crônicos representam 91,5% dos mortos por Covid-19, de acordo com outro estudo supervisionado pela OMS na China (http://weekly.chinacdc.cn/en/article/id/e53946e2-c6c4-41e9-9a9b-fea8db1a8f51).

Em Penedo, eles recebem um atendimento especial por meio do "Programa Redenção", desenvolvido pela Prefeitura em
parceria com a empresa público-privada PGS Medical, que criou uma plataforma de inteligência artificial de gestão de cuidados que garante a continuidade de tratamento e acompanhamento constante pelos profissionais de saúde.

Nos seis primeiros meses, o projeto reduziu em 61% o número de internações e 92% o número de atendimentos de urgência dos doentes crônicos.



Compartilhe