Municípios

Fabiana Pessoa assume prefeitura de Arapiraca


Fonte: Blog do Edivaldo Jr

09/08/2020 10h20

A posse de Fabiana Pessoa como prefeita de Arapiraca é um fato novo e segundo publicação feita no blog do jornalista Edivaldo Jr, deve mudar o cenário político e eleitoral da segunda maior cidade de Alagoas. Ela deve assumir formalmente o cargo até esta segunda-feira (10) e será a segunda mulher a comanda a prefeitura de Arapiraca. Antes dela, Célia Rocha foi prefeita por três gestões.

Tradicionalmente, a eleição municipal de Arapiraca é acompanhada de perto não só por políticos da região agreste, mas também pelos principais líderes políticos do Estado e este ano não será diferente.

Ao lado de Maceió, a capital do agreste tem peso para influenciar as eleições majoritárias do Estado em 2022.

Fabiana é pré-candidata a prefeita e mesmo com pouco tempo até as eleições, poderá fortalecer seu nome.

Ela foi candidata a vice-prefeita de Arapiraca em 2016 na chapa de Rogério. Os dois venceram, por poucos votos, Ricardo Nezinho (MDB). Sem o grupo de Pessoa, dificilmente a chapa de Teófilo seria vitoriosa.

A vice-prefeita participou da gestão na fase inicial do mandato de Rogério Teófilo, mas rompeu com o grupo dele no início de 2018. Agora, pode imprimir sua própria marca.

O desempenho de Fabiana também passa pela capacidade de articulação do deputado federal Severino Pessoa (Republicanos), com quem é casada.

O deputado já trabalhava na formação de uma aliança com vários outros partidos para dar sustentação a uma candidata de oposição. Com Fabiana assumindo a prefeitura, ele pode ganhar força. Severino tem bom trânsito em Brasília e consegue conversar com todas as forças políticas de Alagoas. Se conseguir ampliar o grupo, Fabiana terá chances de ser reeleita.

A favor da nova prefeita, neste momento, está a indefinição do principal grupo político da oposição no município. O MDB ainda não sabe quem será seu candidato a prefeito. Entre as possibilidades, o deputado Ricardo Nezinho, o vice-governador Luciano Barbosa ou o filho dele, Daniel Barbosa.

Outro nome sempre lembrado nas disputas eleitorais de Arapiraca é o do deputado estadual Tarcizo Freire (PP), que ainda não deu sinais de que vai disputar a prefeitura. E “correndo por fora” estão a vereadora Gilvânia Barros (Solidariedade), Hector Martins (Cidadania) e Cláudio Canuto (Patriotas).

Como vice-prefeita, Fabiana chegou a apresentar requerimento à Câmara de Vereadores de Arapiraca pedindo um posicionamento sobre as ausências cada vez maiores do prefeito Rogério Teófilo, que já não conseguia mais despachar regularmente na prefeitura nos últimos meses em função dos problemas de saúde.

Na sexta-feira a tarde, a família de Rogério Teófilo informou que ele estava internado na UTI do Arthur Ramos e que em função disso foi apresentado um pedido de licença do cargo por 15 dias. Fabiana assumiria o cargo ainda que o prefeito tivesse resistido ao tratamento.

Ao ser comunicada do pedido de licença, ela disse que estava esperando “serenamente” a convocação da Câmara de Vereadores de Arapiraca para assumir a prefeitura e que independente do cargo sua pré-candidatura está mantida.

Agora como prefeita, Fabiana vai assumir a gestão do segundo maior município de Alagoas em plena pandemia, com a prefeitura enfrentando sérias dificuldades financeiras. Ela deve anunciar as primeiras medidas até a próxima segunda-feira.



Compartilhe