Municípios

Em Arapiraca, Luciano Barbosa registra candidatura que “Nezinho não quis”


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

24/09/2020 10h00

Nessa quarta-feira (23) o jornalista Edivaldo Júnior publicou em seu blog que Luciano Barbosa foi confirmado como candidato a prefeito e Rute Pereira (PL), irmã de Nezinho Pereira, como candidata a vice.

De acordo com a publicação, o deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB) seria escolhido candidato a prefeito na convenção do dia 16, convocada pela executiva estadual do partido, mas que o deputado não foi encontrado durante o evento.

O jornalista explica que representantes do MDB Alagoas foram para a convenção com a missão de confirmar o nome de Nezinho para prefeito e o do filho de Luciano, Daniel Barbosa, para vice. Com a ausência do candidato, prevaleceu o ‘caos’: o MDB Arapiraca registrou ata com Luciano e Rute e o MDB Alagoas registrou ata sem candidatos. A "briga" segue para decisão da Justiça Eleitoral

Segundo o deputado federal Isnaldo Bulhões, que representou o MDB nacional, os representantes da Executiva Estadual tentaram, em vão, confirmar o nome de Nezinho e Daniel. “Esperamos até o momento previsto para encerramento  da convenção e como não apareceram nem os candidatos, nem os convencionais, encerramos a reunião sem o registro de candidaturas”, aponta.

Segundo outro observador, o deputado Nezinho se negou até a mandar um representante para a convenção – o que poderia, em última hipótese, garantir a candidatura dele a prefeito.

Vai ou não vai?

Com o MDB Arapiraca em crise, Luciano Barbosa já deu entrada no pedido de registro da candidatura a prefeito no TRE. O advogado dele, dr. Fábio Gomes, garante que o processo é legítimo.

“A Candidatura de Luciano foi regularmente aprovada pelo Órgão Partidário competente, que é o diretório municipal. Qualquer tentativa de anulação ou intervenção no resultado da Convenção é manifestamente ilegal, sendo aplicado o rito do artigo 7° da Lei das Eleições. Por essas razões, qualquer manifestação ilegal do MDB Regional ou Nacional é desconsiderada pela Justiça Eleitoral, razão pela qual o pedido de Registro de Candidatura foi protocolado normalmente e já foi emitido o CNPJ da candidatura”, diz Fábio Gomes.

Apesar dos argumentos do advogado, diretório do MDB Arapiraca deve ser dissolvido em reunião nessa sexta-feira, 25, convocada pele executiva do MDB Alagoas.

Segundo Edivaldo Júnior, a essa altura já se fala até na expulsão do vice-governador do MDB – medida considerada mais drástica, que não é vista com simpatia pelo grupo palaciano. Mesmo os ‘desafetos’ de Luciano Barbosa avaliam que é melhor encontrar uma saída ‘negociada’.



Compartilhe