Municípios

Candidato a vice prefeito de Júnior Damaso é condenado pela Justiça eleitoral


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

10/10/2020 23h49

A Justiça Eleitoral indeferiu o registro de candidatura de Neilson do Supergiro, vice na chapa de Júnior Damaso. Eles haviam protocolado um documento falso para tentar garantir a formação da chapa. 

Neilson é filiado ao Progressistas e até o dia 17 de agosto deste ano era o presidente municipal. Ele foi afastado do comando do partido após tentar fraudar seu estatuto. 

Porém, no registro de candidatura, Neilson protocolou um documento como sendo filiado ao DC. O sistema eletrônico da Justiça Eleitoral, contudo, apontava que ele tentou essa filiação ao DC somente em 27 de julho, fora do prazo legal, e no dia 28 de agosto assinou um documento como membro do Progressistas.

A fraude na documentos foi percebida pela Justiça Eleitoral, que na tarde deste sábado (10) proferiu decisão negando o registro de candidatura de Neilson. Na decisão, a juíza da 26ª Zona Eleitoral ainda determinou a suspensão de todos os atos de campanha de Neilson bem como a remoção de qualquer material em que ele apareça como candidato a vice-prefeito.



Compartilhe