Negócios

Campanha de negociação da Equatorial é prorrogada até o próximo sábado


Fonte: Assessoria

31/08/2020 20h03

Os alagoanos que apresentaram dificuldades para manter as contas de energia em dia na pandemia terão mais uma oportunidade para regularizar a situação com a Equatorial Energia Alagoas. A distribuidora prorrogou a campanha de negociação até o próximo sábado (05). As condições facilitadas de pagamento, para quitar dívidas à vista ou parcelada são válidas para os clientes das classes residencial, rural, comercial e industrial, atendidos pela baixa tensão.

As negociações podem ser feitas na comodidade do lar pela Central exclusiva de negociação pelo telefone 0800 729 2058. As chamadas podem ser feitas a partir de um celular, com ligação gratuita, das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira e das 8h às 14h, aos sábados.

Os clientes também podem fazer o parcelamento das contas pendentes em até 12 vezes no cartão de crédito no site https://al.equatorialenergia.com.br/pagamento-de-faturas/. Outra maneira de facilitar ainda mais para a população é a visita dos agentes negociadores que a Equatorial disponibilizou. Eles vão até o cliente realizar a negociação dos débitos. Esse atendimento porta a porta também segue todas as recomendações exigidas pelos órgãos de saúde.

Para aqueles que preferem resolver as pendências presencialmente, as negociações podem ser feitas até sexta-feira (04) nas agências de atendimento. O atendimento presencial segue todas as recomendações exigidas pelos órgãos de saúde em relação ao distanciamento e número de pessoas dentro da agência. Os clientes estão tendo a temperatura aferida e só é permitida a entrada de quem estiver usando máscara. Além disso, foi disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos e de todos os equipamentos utilizados durante o atendimento.

Durante a campanha, os clientes que procurarem a Equatorial poderão pagar à vista ou parcelar em até 6 vezes, os débitos acumulados de março a junho, com isenção de juros, multas, correção monetária, entre outras facilidades. Para as dívidas anteriores a março, a distribuidora também oferece outras negociações especiais e personalizadas para cada situação. Em caso de parcelamento, o cliente poderá ter opção de dar entrada, que pode variar de 15% a 50% do valor do débito, a depender do total da dívida, da classe da unidade consumidora e do tipo da negociação que o cliente escolher.



Compartilhe