Negócios

Pesquisa coloca Alagoas como maior produtor de leite do Nordeste


Redação
Fonte: Gazeta Web

15/10/2020 18h45

Nesta quinta-feira (15), o IBGE divulgou a  Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), e segundo os dados, o rebanho de Alagoas produziu cerca de 603,8 milhões de litros de leite em 2019. Com isso, o estado apresenta um aumento anual de 2.410 litros por vaca, se classificando como o maior do nordeste e superando as médias regional (1.405 litros) e anual (2.141 litros). 

A melhora da produtividade das mais de 250 mil vacas (em 2018 eram 249,8 mil) fez com que Alagoas superasse a marca do ano anterior, cerca de 587,3 milhões de litros de leite, sendo 2.351 litros por animal. Na região nordeste, Alagoas encabeça o ranking, seguida por Sergipe (2.253) e Pernambuco (2.212). Já o Maranhão apresenta a menor produtividade sendo 628 litros por vaca.

A produção do leite em Alagoas em 2019 representou 1,7% da produção nacional, colocando o estado como o 13° maior produtor do Brasil. O valor de produção do leite alagoano chegou a R$ 712,6 milhões de reais.  

Queda no rebanho bovino

Apesar o do aumento na produção de leite, os dados revelaram que o estado tinha pouco mais de 1,233 milhões de cabeças de gado em 2019. No ano anterior, eram 1,247 milhões, apresentando uma queda de 1,2%. Quanto aos números nacionais houve aumento de 0,4% no rebanho bovino do Brasil, com 214,7 milhões de animais, o segundo maior do mundo e principal exportador.

Os municípios com maiores rebanhos do estado são Viçosa (40 mil cabeças), Palmeira dos Índios (36,5 mil), Chã Preta (32 mil), Major Izidoro (31,1 mil) e União dos Palmares (31 mil), representando 13,8% das cabeças de gado em Alagoas. Em relação ao Brasil, o estado representa 0,6% das cabeças de gado nacionais.



Compartilhe