Polícia

Operação interestadual resgata mulher de cativeiro em Arapiraca


Redação
Fonte: Ascom PC/AL

12/01/2021 18h41

Na tarde desta segunda-feira (11), dois homens de 20 e 25 anos, e uma mulher de 27 anos foram presos após uma ação integrada realizada pelas policias Civil e Militar de Alagoas, e PC de Pernambuco e Santa Catarina. Os detidos são acusados do sequestro de uma jovem no dia 10 de janeiro deste ano na cidade de Ibimirim, no sertão de Pernambuco.

Em Alagoas, a operação foi coordenada pelos delegados Filipe Caldas da Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DH), Guilherme Iustem da 4ª Delegacia Regional de Polícia de Arapiraca e Gustavo Xavier da 7° Delegacia Regional de Polícia de Penedo. Militares do 3°BPM, guarnições do Pelopes e Grupamento Aéreo também participaram da ocorrência. O caso também foi acompanhado pelo secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar, o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e o gerente de Polícia Judiciária da Região 3, delegado Mário Jorge Barros.

As buscas foram iniciadas em Arapiraca após a Polícia Civil de Pernambuco repassar informações sobre o caso para a Delegacia de Homicídios do município. Os agentes localizaram o carro utilizado no sequestro por volta das 14h, identificado por conta vídeos da vítima sendo torturada no interior do veículo. Após a identificação o automóvel, os policiais fizeram um cerco à casa em que ele se encontrava, onde três pessoas foram presas. Contudo, a vítima não estava no local e os detidos não colaboraram com informações sobre o cativeiro.

A partir da prisão, agências de inteligência das polícias civis de Pernambuco, Alagoas e Santa Catarina começaram a repassar informações de outros locais onde a vítima poderia estar. As equipes foram aos lugares citados, tendo encontrado a vítima em um cômodo escuro de um imóvel no loteamento Real, na rua Marinita Gomes, bairro Batingas. Ela apresentava várias lesões pelo corpo e estava em estado de choque.

Uma equipe do Samu foi acionada até o local e a vítima foi levada para o Hospital de Emergência do Agreste, onde foi atendida pelos profissionais da unidade hospitalar.

Após alta médica, a vítima de 24 anos foi até a Central de Polícia de Arapiraca e ouvida pelo delegado Filipe Caldas, que tomou as devidas providências diante do caso.



Compartilhe