Política

Pela primeira vez, MDB não terá candidatos em Arapiraca; veja nota


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

16/09/2020 23h38

Em nota divulgada na noite desta quarta-feira (16), o diretório estadual do MDB informa que, pela primeira vez na história a legenda não terá candidatos em Arapiraca.

A responsabilidade pelo impasse que pode deixar o partido sem candidatos a prefeito e a vereador é atribuída a “atitude irrefletida do Diretório Municipal do partido nesta cidade”.

Ainda na nota, o MDB Alagoas explica que ao se recusarem de forma intransigente a seguir as diretrizes emanadas dos diretórios Estadual e Nacional do MDB, os membros do Diretório Municipal, “romperam as relações democráticas e respeitosas entre as instâncias do partido, violaram o Estatuto da legenda e mancharam a própria história do MDB em Arapiraca e em todo o Estado de Alagoas”.

A tendência é que a participação dos candidatos do MDB Arapiraca, tanto na majoritária, quanto na proporcional, seja judicializada. O diretório municipal, já dissolvido, fez o registro das candidaturas, mas um novo diretório, que será nomeado após a intervenção, poderá reverter todo o processo. Será, como dizem lideranças do partido, uma batalha jurídica. 

A nota do MDB foi divulgada depois que em reunião conturbada, o diretório municipal de Arapiraca decidiu manter, nesta quarta-feira, a candidatura a prefeito do vice-governador Luciano Barbosa, tendo como vice Rute Pereira, irmão do deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB).  

Veja a nota, na íntegra:

NOTA PÚBLICA

O MDB de Alagoas se dirige ao povo alagoano, e em particular à população de Arapiraca, para expressar sua profunda decepção com a atitude irrefletida do Diretório Municipal do partido nesta cidade, que provocou o impasse atual. A consequência é que, pela primeira vez na história da legenda, o MDB, que já governou Arapiraca em diversos períodos desde os anos 1970, não deverá ter candidatos majoritários e proporcionais nas eleições locais em 2020.

Os membros do Diretório Municipal, ao se recusarem de forma intransigente a seguir as diretrizes emanadas dos diretórios Estadual e Nacional do MDB, romperam as relações democráticas e respeitosas entre as instâncias do partido, violaram o Estatuto da legenda e mancharam a própria história do MDB em Arapiraca e em todo o Estado de Alagoas.

É deles, portanto, a responsabilidade pelo gravíssimo prejuízo político ao MDB e ao honrado povo arapiraquense, que deposita no partido esperanças de progresso e lamentavelmente corre o risco de ficar sem opção de voto.

Não resta ao MDB de Alagoas, diante de tal afronta, outra providência estatutária senão a de encaminhar a dissolução do atual Diretório Municipal de Arapiraca, conforme autoriza a lei, para restabelecer a credibilidade e integridade do partido no município.

Maceió, 16 de setembro de 2020

MDB ALAGOAS  



Compartilhe