Política

Prefeito de Interior confessa crimes durante discurso para eleitores


Fonte: Gazetaweb

28/10/2020 11h39

O prefeito de União dos Palmares, Kil Freitas (MDB), confessou, durante discurso para eleitores, no município alagoano, supostas fraudes licitatórias praticadas para beneficiar o atual vice-prefeito, Zé Alfredo (PTB). Kil Freitas, na ocasião, também detalhou os motivos de seu rompimento com o, agora, ex-aliado político.

"Quando assumimos a Prefeitura de União, com aquela votação esmagadora, o vice-prefeito atual me procurou e disse: Kil estou com as minhas máquinas paradas. Você pode alugar as minhas máquinas para a prefeitura? Eu disse: posso Zé, vamos alugar as suas máquinas, e ele colocou na prefeitura seis máquinas. Com pouco tempo depois, ele voltou, quando viu que estava fazendo o calçamento da Santa Fé, e disse: Kil, eu, agora, estou vendendo lá no posto pedra, areia e cimento. Queria que você comprasse lá no posto. Eu disse: bora comprar, Zé. Tudo isso para não brigar."

Nas palavras do próprio prefeito, seu vice obteve 100 contratos com a Prefeitura para atender sua "base política", tudo sem licitação. 

O prefeito completou sua fala afirmando que o rompimento entre ele e o vice começou durante a seca enfrentada pelo município, quando precisou impedir a passagem da água do Rio Mundaú, com sacos de farinha de trigo que têm nas padarias. Segundo Kil, Zé Freitas cobrou um valor de R$ 1,50 para que a prefeitura obtivesse os sacos. 

O discurso, no entanto, logo passou a circular nas redes sociais, colocando em risco a candidatura de Kil Freitas, que disputa a reeleição em União dos Palmares, visto que os relatos comprometem os cofres públicos do Município. 



Compartilhe