Política

Renato Filho descumpre acordo e cria crise no PSC de Pilar


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

06/01/2021 22h43

O prefeito de Pilar, Renato Filho (PSC), surpreendeu ao anunciar na manhã desta quarta-feira(6) o novo secretário de Educação do município de Pilar. O nomeado para a Secretaria foi o vereador reeleito Clewinho Cavalcante (PSC), que pretendia ser presidente da Câmara de Vereadores do município. O problema é que o prefeito já havia convidado para o cargo a vereadora Joeli Lopes, que também é do PSC.

A escolha de Clewinho criou um clima de total desconforto no partido, principalmente porque ele e Joeli entraram num embate no final de 2020. O vereador acusou a colega de usar uma filha especial para se promover. Ela não gostou e deu a resposta nas redes sociais.

Em função do desentendimento, Joeli teria se negado a atender o pedido de Renato Filho para votar em Clewinho para a presidência da Câmara. O anúncio do novo secretário – mesmo sem “desconvidar” a vereadora, foi atribuído por alguns interlocutores da política de Pilar como uma “punição” pela “desobediência”.

Mudanças

Em nota, a assessoria de Pilar informa sobre mudanças na composição do Legislativo. “O suplente Thiago Canuto (PSC) com 649 votos assumiu a vaga do vereador eleito Clewinho Cavalcante (PSC), que foi convidado para assumir a Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Thiago Canuto irá fazer companhia a sua irmã Thais Canuto(MDB) na Câmara de Vereadores de Pilar. Thiago Canuto teve o apoio principal do seu primo prefeito Renato Filho (PSC) e de sua tia Deputada Estadual Fátima Canuto. Agora vereador pelo Pilar, Thiago Canuto irá se juntar ao seleto grupo dos 12 vereadores que apoiam a gestão do prefeito Renato Filho (PSC)”.

Mesa Diretora

A Câmara de Vereadores de Pilar elegeu, na sexta-feira (01) o vereador Tayronne Henrique(PSC) como o novo presidente da Casa para o biênio de 2021-2022. Além dele, os parlamentares escolheram os demais integrantes da mesa diretora.

Veja os nomes a seguir:

Presidente: vereador Tayronne Henrique (PSC);

Vice-presidente: vereador Djacy Maia (PSC);

1º secretário: vereadora Thais Canuto (MDB);

2º secretário: vereador Dr. Marcelo (PSC).

A eleição foi realizada logo após a posse dos novos vereadores e do prefeito, na manhã desta sexta-feira (1º), entre as duas chapas que concorreram, a chapa "Organização, trabalho e ação" encabeçada pelo vereador Tayronne levou a melhor e foi eleita com 8 dos 13 votos dos presentes na sessão.

Tayronne Henrique foi vice-presidente da Câmara nos últimos dois anos, esta em seu terceiro mandato como vereador. Ele permanece na Presidência da Câmara de Vereadores pelos próximos dois anos


 



Compartilhe