Política

Alagoas não pode comprar vacinas através do Consórcio NE, diz deputado


Redação
Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

28/02/2021 10h40

Alagoas deve comprar vacinas contra o novo coronavírus se houver disponibilidade no mercado. Segundo o jornalista Edivaldo Júnior, a aquisição caminha para ser feita através do Consórcio Nordeste, que negocia com o Instituto Gamaleya milhões de doses da russa Sputinik V.

Ao saber da informação, o deputado estadual Davi Maia (DEM) foi ao Twitter sugerir que a compra seja feita diretamente aos laboratórios.

“O Governo de Alagoas quer comprar vacinas através do Consórcio Nordeste. Quero lembrar que essa quadrilha já deu um desfalque de 5 milhões ao Estado e aqui os respiradores nunca chegaram”, tuitou Maia.

O deputado também lembrou ao governador Renan Filho e ao secretário de Saúde, Alexandre Ayres, que existe um acórdão do TCE – AL “que veda qualquer transferência de recursos para os larápios do Consórcio Nordeste! Sugiro que o Governo de Alagoas faça uma compra direta aos laboratórios.”, afirmou Davi Maia.

Consórcio

O caso a que se refere Maia (respiradores) é alvo de investigação policial e judicial. O Consórcio teria sido vítima de uma fraude. Mas o processo segue em investigação e apenas parte do recurso destinado por Alagoas para a compra de respiradores foi devolvido.

Apesar disso, o consórcio continua atuando e, ao que tudo indica, fará sim a compra de vacinas para os Estados da região. Alagoas negocia, inicialmente, a compra de até 600 mil doses, que seriam suficientes para vacinar 10% da sua população.

Veja o posicionamento de Davi Maia:

 

 

 



Compartilhe